Padrão ASTEN

Última atualização em: 02 de fevereiro, 2018

O padrão ASTEN, segue o modelo ABRASF 2.0 com poucas ressalvas.

1. Cancelamento via web service

O município de Pelotas/RS não permite que o contribuinte cancele a NFS-e, conforme normativa número 01 disponível no portal do município. Desta forma, é necessário entrar em contato com o setor fiscal da prefeitura para realizar o cancelamento.

2. Ambiente de homologação

Não foram disponibilizados web services específicos para homologação. Como não é possível cancelar a NFS-e, não é recomendada a realização de testes em produção sem que a nota realmente deva ser emitida.

3. Série

O padrão Asten é no formato de série única, ou seja, não tem nenhuma validação sobre a série enviada, retornando sempre a série NFSe. A emissão do RPS não precisar ser de forma sequencial.

4. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML de envio.

Release Notes – Versão 1.31.0.0

Versão 1.31.0.0 – 09/01/2018 – Em produção

 

Impressão dos valores de retenções de tributos no DANFE

A partir dessa versão, ao imprimir o DANFE de uma NF-e conjugada, ou seja, onde há a prestação de serviços sujeitos ao ISSQN e fornecimento de peças sujeitas ao ICMS, será impresso abaixo do grupo ‘Cálculo do ISSQN’ o grupo ‘Retenções’, conforme pode ser observado na imagem abaixo. A alteração foi impactada tanto para o DANFE retrato como paisagem, e também para o DANFE com itens e volumes destacados.

Utilizar logomarca para preencher o espaço do emitente no DANFE

Foi disponibilizado mais um parâmetro na tela de configurações de impressão do módulo NF-e, onde o usuário poderá configurar se deseja utilizar a logomarca da sua empresa para preencher o espaço correspondente ao emitente no DANFE, ao invés de imprimir as suas informações.

Quando o parâmetro ‘Utilizar imagem nas informações do emitente’ estiver configurado como ‘Sim’, o DANFE será impresso com a logomarca da empresa no lugar das informações do emitente, como demonstra a imagem abaixo.

Caso o parâmetro esteja como ‘Não’, o DANFE será impresso normalmente com as informações do emitente, conforme a imagem abaixo.

Consultar natureza da operação via Web Service

Juntamente com essa versão do InvoiCy disponibilizamos uma nova funcionalidade para empresas que fazem uso do módulo NFS-e, a possibilidade de agora consultar a lista de natureza da operação de cada empresa também via Web Service.

Para efetuar a consulta basta enviar um arquivo XML conforme a estrutura que demonstra a imagem abaixo, onde será retornada uma lista com o código e descrição de cada natureza da operação.

Para fazer download do exemplo XML demonstrado na imagem clique aqui. Para mais informações leia o artigo Consulta de naturezas da operação via Web Service.

Detalhamento da versão

Para conhecer todas as modificações realizadas nessa versão, clique aqui.

Versão 1.31.0.0 – mais detalhes

Última atualização em: 09 de janeiro, 2018

Confira todas as alterações e melhorias realizadas na versão 1.31.0.0 do InvoiCy, que já está em produção:

Código da solicitação – Descrição

7548 – Exclusão de empresas: o InvoiCy só irá permitir a exclusão de empresas que possuam documentos emitidos anterior a sua data de cadastro na aplicação. As empresas que possuírem documentos emitidos posterior a sua data de cadastro não poderão ser excluídas da aplicação.

8084 – Ajuste de validação dos dados de FTP e caixas de e-mail: ao inativar uma caixa de e-mail ou um servidor de FTP, o InvoiCy não fará mais uma tentativa de conexão para testes, pois caso a caixa de e-mail ou FTP estejam com informações incorretas, será possível mesmo assim desativá-los.

8147 – Melhoria nos filtros da tela de exportação: para melhorar a usabilidade do sistema para os usuários, na tela de exportação incluímos a opção ‘Todos’ ao lado dos grupos de ‘Status’ e ‘Modelo’, onde ao clicar nessa opção todas as demais opções desses grupos serão selecionadas. Veja na imagem abaixo como ficou essa alteração na tela.

8085 – Solicitação de envio de e-mails via Web Service: ao solicitar o envio de e-mails via Web Service, independentemente se for para um ou vários documentos, os e-mails não serão enviados na hora, mas será agendado um processo para executar o envio dos e-mails posteriormente. Para entender mais sobre essa funcionalidade de solicitação de envio de e-mails leia o artigo Envio de e-mail via Web Service.

8053 – Download do relatório de documentos faltantes: o processo de download do relatório de documentos faltantes foi revisado, de forma a evitar falhas durante o download dos relatórios gerados.

Solicitações do Módulo NF-e

8064 – Imprimir dados dos valores de retenções de tributos no DANFE: ao imprimir o DANFE de uma NF-e conjugada, será impresso abaixo do grupo ‘Cálculo do ISSQN’ o grupo ‘Retenções’, tanto no DANFE retrato como paisagem, e também no DANFE com itens e volumes destacados.

8102 – Utilizar logomarca para preencher o espaço do emitente no DANFE: o usuário poderá configurar se deseja utilizar a logomarca da empresa para preencher o espaço correspondente ao emitente no DANFE, ao invés de imprimir as suas informações.

8236 – Informação de produto perigoso destacado no DANFE: ao emitir uma NF-e no layout SEFAZ, contendo a tag infAdProd do item preenchida com a descrição ONU, todo o item será impresso em negrito no DANFE.

7920 – Grupo de empresas na tela de seleção de empresas: ao acessar a tela de seleção de empresas com um usuário do tipo normal que tenha vínculo com algum grupo de empresas, esses grupos aparecerão em tela para permitir que o usuário também possa fazer um filtro pelos grupos de empresas que possui acesso.

Solicitações do Módulo CT-e

8035 – Impressão do DACTE com a descrição Peso Líquido no campo Tipo da Medida: ao emitir um CT-e informando a descrição ‘Peso Líquido’ na tag tpMed – Tipo da Medida, ao imprimir o DACTE essa descrição também será impressa no grupo de Quantidades e Pesos correspondente aos produtos.

Solicitações do Módulo NFS-e

8031 – Tratamento do limite de caracteres do campo TomaComplemento: no layout de integração da NFS-e a tag TomaComplemento aceita até 60 caracteres, porém alguns padrões não aceitam mais do que 30 caracteres, então nesses casos o documento era rejeitado por ultrapassar o limite aceito. A partir de agora, ao informar mais caracteres do que o permitido pelo padrão, o InvoiCy irá remover os caracteres excedentes para que a nota seja autorizada.

8057 – Alteração do campo CMC: a partir dessa versão o campo CMC – Cadastro Mobiliário do Contribuinte, no cadastro da empresa, passará a aceitar números e caracteres, tanto no cadastro via tela como via Web Service.

8038 – Validação dos parâmetros para envio de e-mails: ao enviar um e-mail correspondente a NFS-e, também serão considerados os parâmetros configurados na tela de configurações dos e-mails, do módulo NFS-e. Isso vale tanto para o envio de e-mail enviado na efetivação da NFS-e, como no reenvio de e-mail via tela.

7821 – Consultar natureza da operação via Web Service: a partir dessa versão os usuários do módulo NFS-e poderão consultar a natureza da operação de suas empresas também via Web Service. Para mais informações leia o artigo Consulta de naturezas da operação via Web Service.

8074 – Tratamento para alíquota: a alíquota do ISSQN só será enviada para a Prefeitura quando: o ISSQN for devido para outro município, ou o prestador do serviço for optante pelo Simples Nacional e houver retenção do ISSQN ou permissão de editar a alíquota. Em outras situações a alíquota a ser aplicada deverá ser determinada pela Prefeitura.

8059 – Tela de quantidade de documentos: a tela que exibe a quantidade de documentos foi ajustada para melhor apresentar as informações de documentos NFS-e. Veja a representação da tela na imagem a seguir.

8107 – Exportação de documentos via FTP: disponibilizamos dois novos parâmetros para empresas que utilizam a exportação automática de documentos via FTP, quando o tipo de exportação for por período: o campo ‘Exportar documentos de’ com as opções ‘Ontem, Anteontem, 3 dias atrás, 4 dias atrás e 5 dias atrás’, e também o campo ‘Exportar documentos com base em’, com as opções ‘Data de emissão e Data de inclusão’, conforme pode ser observado na imagem abaixo.

8119 – Nova variável para link da Prefeitura: no Painel de Controle, tela de Configurações dos E-mails da NFS-e, o usuário pode criar um texto padrão para envio dos e-mails das notas fiscais. Neste texto, é possível inserir diversas variáveis, como número e série da nota, nome do Tomador, etc. Nessa versão criamos uma nova variável, que permite a inserção do link da Prefeitura para acesso à consulta do RPS.

8039 e 7885 e 8092 – Novo status de NFS-e em conflito: quando o cliente enviar um RPS que já foi emitido em outro sistema há mais de três meses, o documento ficará com status ‘Em conflito’ no InvoiCy.

6850 – Novo status de NFS-e denegada: para empresas que emitem NFS-e no padrão Coplan, é possível que o tomador recuse uma nota. As notas que forem recusadas ficarão com status ‘Denegada’ no InvoiCy.

7817 – Apresentação dos logs da NFS-e: a página de logs na tela de detalhes da NFS-e foi melhorada, onde implementou-se um controle de paginação para que o usuário navegue com mais facilidade entre os registros de logs.

8142 – Campo para informar RG e nome no canhoto da NFS-e: foram incluídos dois novos campos no canhoto da NFS-e, para permitir a informação do número do RG e nome do tomador do serviço.

Consulta de naturezas da operação via Web Service

Última atualização em: 07 de junho, 2019

Uma das características da integração com o InvoiCy é oferecer um modelo único de emissão para cada modelo de documento. Esta prática visa diminuir o máximo possível os tratamentos que os clientes realizam em seus sistemas.

Como é de conhecimento, muitas prefeituras utilizam variados códigos de natureza da operação, que podem seguir os números de 1-6 como o modelo Abrasf, ou até mesmo letras ‘tp’, ‘is’, ‘tt’, por exemplo. Como a mesma natureza da operação pode variar bastante de um município para outro, o InvoiCy adota uma tabela unificada, que está disponível no layout de recepção para que as notas tributadas no município do prestador, por exemplo, sempre tenham o mesmo valor para quem está emitindo.

Entretanto, mesmo unificando as naturezas da operação, existem opções que são aceitas por alguns padrões e não são aceitas por outros.

Sabendo da dificuldade que é customizar uma tabela de naturezas da operação para cada cliente do seu sistema, desenvolvemos um Web Service que retorna exatamente quais valores são aceitos e sua descrição, permitindo que eles sejam importados em uma combobox no cadastro de empresas, por exemplo.

O endereço do Web Service é o mesmo de envio de notas, mudando apenas o layout do arquivo XML enviado, conforme demonstra a imagem abaixo.

Captura de Tela 2019-05-21 às 10.53.04

O CNPJ e o ambiente são necessários para o sistema identificar as naturezas corretas para o município do cliente, pois alguns padrões como o THEMA possuem valores completamente diferentes para cada município atendido.

Já o campo IMEmissor é um campo opcional, sendo útil apenas para as empresas que possuem domicílios em mais de um município, mas utilizam o mesmo CNPJ (no cadastro de empresa está representado pelo bloco outros endereços)  com Inscrições Municipais diferentes. As demais empresas não precisam preencher este campo.

Para visualizar um exemplo de envio da consulta faça download do arquivo XML clicando aqui.

A estrutura do XML de retorno pode ser visualizada abaixo, onde o grupo NaturezaItem possui ocorrência de 0-N.

Para visualizar um exemplo do retorno da consulta faça download do arquivo XML clicando aqui.

Importante:

– A consulta está disponível apenas para CNPJ que já estão cadastrados na Plataforma InvoiCy. Caso implementado o cadastro de empresas via Web Service, a natureza da operação deve ser chamada após a confirmação de que a empresa foi cadastrada com sucesso.

– Este serviço deve ser utilizado apenas quando necessário atualizar as naturezas da operação do cadastro do cliente, jamais implementar uma chamada a cada emissão de nota.

– Existem controles de requisições que irão bloquear a empresa caso sejam realizadas mais do que algumas chamadas por hora. Este controle faz-se necessário para impedir que o consumo indevido afete a disponibilidade e performance do sistema.

– No caso de um município trocar de padrão, as naturezas podem mudar.