Padrão SIGCORP ABRASF

Última atualização em: 09 de abril, 2019

O Padrão SIGCORP ABRASF utiliza o modelo de layout XML da ABRASF 2.0. Abaixo estão detalhadas as particularidades deste padrão:

1. O sistema não permite:
– Inutilização da Nota;
– Tomador do exterior;
– Intermediário do serviço;
– Substituição de NFSe

2. Tomador
Para tomador não identificado informar CPF 77777777777 e razão social: ‘NÃO INFORMADO’.

3. Natureza da Operação
Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema:

Natureza da operação

4. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Padrão RLZ ABRASF

Última atualização em: 05 de abril, 2019

O Padrão RLZ ABRASF utiliza o modelo de layout XML da ABRASF 2.03. Abaixo estão detalhadas as particularidades deste padrão:

1. O sistema não permite

– Inutilização da Nota;
– Tomador não identificado
– Valor do serviço não informado

2. Natureza da Operação

Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema:

3. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Importação de NFS-es emitidas

Última atualização em: 03 de abril, 2019

Para utilizar a importação de NFS-es no InvoiCy é necessário contratar a extensão “Documentos importados”, e configurar uma caixa de leitura de e-mail onde são recebidas as notas fiscais.

Para saber mais sobre essa extensão leia o artigo Extensão Documentos importados. Para configurar a caixa de e-mail, siga os passos do artigo Configurando uma caixa de e-mail.

Um processo automático ficará rodando no servidor e fará a leitura dos XMLs na caixa de e-mail configurada. Esta mesma caixa de e-mail poderá ser utilizada tanto para importação de NFS-es emitidas quanto recebidas.

Também é possível importar manualmente xmls de arquivos NFS-e através da tela de importação de documentos. O e-mail cadastrado receberá uma notificação em alguns instantes sobre o resultado da importação.

tela_importacao.png

Para visualizar as notas basta clicar no ícone da extensão ‘Documentos importados’ na parte superior direita da aplicação, conforme demonstra a imagem abaixo.

tela-documentos-importados

Através desse ícone é possível acessar a nova tela de documentos importados, onde serão listados todos os documentos NFS-e que foram importados para o InvoiCy. Verifique se o filtro Emitido / Recebido está marcado.

Também disponibilizamos um serviço de exportação dessas notas. O processo é o mesmo que a consulta de documentos recebidos, porém é necessário informar a tag <EmitidoRecebido> como “E”. Para utilizar esse serviço, siga os passos do artigo Exportação de NFS-e de entrada.

Release Notes – Versão 2.14.0

Versão 2.14.0 – 16/04/2019 – em produção

Alterações no layout de cadastro de empresas via Web Service

O layout de cadastro de empresas via Web Service sofreu algumas alterações no grupo de parâmetros, de forma a deixar mais organizada a integração para nossos parceiros.

Faça download do novo layout clicando aqui, e fique atento a todas as alterações.

É importante destacar que as integrações com os layouts da forma antiga continuarão funcionando normalmente.

Ativar e desativar extensões para a empresa via Web Service

Criamos o novo grupo ‘Extensão’ no layout de cadastro de empresas, que permite ativar e desativar as extensões para as empresas, via integração Web Service.

O parceiro poderá definir para quais módulos deseja ativar a extensão, e informar os parâmetros de configuração.

Para mais informações faça download do layout de integração clicando aqui.

Consulta do cadastro de empresas na SEFAZ

Disponibilizamos um novo método que permite consultar o cadastro das empresas perante a SEFAZ, através de integração com o Web Service arecepcao.

Na imagem abaixo demonstramos o layout de envio, onde deve-se informar a versão do Web Service, tipo do ambiente, CNPJ da empresa que deseja consultar e o código da UF.

Envio consulta empresa SEFAZ

Para fazer download do XML de exemplo clique aqui. Você também pode fazer download do layout de integração em Excel, clicando aqui.

É importante destacar que para realizar a consulta via Web Service deve-se gerar o código HASH em formato MD5, com as seguintes informações:

  • Para esse layout em específico deve-se utilizar a chave de acesso do Parceiro, que pode ser obtida na tela Parceiros do Painel de Controle, concatenando com todo o conteúdo contido dentro do grupo de tag <ConsultaCadastro>. Copie a chave, mais todo o conteúdo (inclusive as tags).

Após efetuar a consulta serão retornadas as informações da empresa, como demonstra a imagem abaixo.

Para fazer download do exemplo de XML de retorno clique aqui.

É importante destacar que algumas UF não disponibilizam esse serviço, abaixo destacamos a particularidade de cada UF.

Ambiente de Produção:

– UFs que atendem ao serviço: BA, CE, GO, MG, MT, PE, PR, SP, SVRS: AC, RN, PB, SC

– UFs que não estão comunicando com o serviço: AM, MS, RS, SVAN

Ambiente de Homologação:

– UFs que atendem ao serviço: BA, CE, GO, MG, MS, MT, PE, PR, SP

– UFs que não estão comunicando com o serviço: AM, RS, SVRS: AC, RN, PB, SC, SVAN

Detalhamento da versão

Para conhecer todas as modificações realizadas nesta versão, clique aqui.

Versão 2.14.0 – mais detalhes

Última atualização em: 16 de abril, 2019

Confira todas as alterações e melhorias realizadas na versão 2.14.0 do InvoiCy, que já está em produção:

Código da solicitação – Descrição:

NF-e:

9582 – Permitir texto dinâmico para impressão da Lei do Imposto:

A partir dessa versão disponibilizamos um novo campo na tela de configurações de impressão da NF-e, que permite personalizar o texto da lei do imposto na impressão do DANFE. Para configurar esse parâmetro basta acessar a tela de impressão da NF-e, e configurar o campo ‘Texto para impressão dos tributos’, conforme destacado na imagem abaixo. Lembrando que esse campo estará disponível apenas para o DANFE personalizado.

O campo já virá configurado com um texto padrão, mas você poderá alterar para a informação que desejar.

Esse mesmo campo também foi adicionado para o módulo CT-e, também na tela de impressão do módulo, como destacado na imagem abaixo. E da mesma forma virá configurado com um valor padrão, mas permitindo a edição.

Será possível também configurar esses campos no cadastro da empresa via Web Service, através da tag <TextoImpressaoTributos>, disponibilizada dentro do grupo de Impressão, para os módulos NF-e e CT-e. Para mais informações faça download do layout de cadastro de empresas clicando aqui.

9091 – Disponibilizar campos específicos para Valores de DIFAL no DANFE:

Nessa versão, o DANFE conta com mais dois campos novos para impressão. Agora, o InvoiCy permite que seja impresso no DANFE dois campos referentes ao DIFAL (Diferencial de Alíquota), o primeiro é o Valor ICMS UF Remetente e o segundo é o Valor ICMS UF Destinatário.

Para configurar a impressão desses campos, o usuário deve acessar o Painel de Controle, na opção Impressão da NF-e. Vale ressaltar que esse campo só está disponível para o modelo de DANFE personalizado. Na imagem abaixo temos a representação do parâmetro onde o usuário irá escolher se deseja ou não imprimir os campos no DANFE.

9888 – Permitir referenciar os itens de CF-e SAT armazenados no InvoiCy:

A partir dessa versão, o usuário poderá referenciar os itens de CF-e SAT armazenados no InvoiCy.

Na digitação de uma nota de devolução, o usuário poderá referenciar os itens de um CF-e SAT que esteja na base de dados do InvoiCy. Para isso, o usuário deverá primeiramente selecionar a finalidade de ‘Devolução NFC-e/SAT’.

Em seguida, deve preencher o destinatário da nota. O próximo passo é referenciar o CF-e SAT para devolução. Para isso, na seção Documentos Referenciados, o usuário deverá clicar em “Adicionar Documentos”. Na tela que será aberta, é necessário informar o Tipo do Documento, Modelo, Número e Série.

Assim que adicionado o documento aparecerá na grid, e o usuário poderá escolher se quer referenciar todos os itens, na opção mostrada na imagem abaixo.

Ou se deseja referenciar somente um item específico, clicando em “Selecionar Itens”. Se o usuário deseja, então, selecionar itens específicos da nota, será aberta uma pop-up onde poderá selecionar os itens que deseja referenciar, clicando em “Referenciar selecionados” para concluir a ação.

Por fim, os itens referenciados aparecerão na grid de produtos, onde deverão ser feitas as alterações necessárias (CFOP, tributos, impostos) do produto para devolução.

NFS-e:

9855 – Padrão NF-em – Joinville/SC: liberada a integração com o município de Joinville – SC, atendido pelo padrão NF-em. A partir de agora prestadores de serviço deste município podem emitir NFS-e pelo InvoiCy. Para mais informações acesse o artigo do padrão clicando aqui.

Padrão NF-em – Joinville

Última atualização em: 02 de abril, 2019

O Padrão NF-em segue o modelo padronizado ABRASF 1.0. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

– Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
– Inutilização de NFS-e.

2. Disponibilidade de grupos:

– Intermediário do Serviço;
– Construção Civil.

3. Obrigatoriedades para conversão de RPS para NFS-e

Identificação do prestador dos serviços, contendo:

– Nome ou razão social;
– Endereço;
– Número do CPF ou CNPJ;
– Número no IM.

Identificação do tomador dos serviços contendo:

– Nome ou razão social;
– Endereço;
– Número do CPF ou CNPJ.

Outras informações a serem informadas no RPS:

– Descrição dos serviços prestados;
– Preço do serviço;
– Enquadramento do serviço executado na lista de serviços (subitem);
– Alíquota aplicável;
– Valor do imposto e se for o caso, da retenção na fonte

4. Tomador do exterior

– O campo de Exigibilidade ISS deve ser informado 4, conforme layout (Exportação);
– Informar o país de prestação de serviço no grupo do serviço.

5. Código CNAE

– O código CNAE segue a regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios não possui a exigência para informar, portanto mantendo em branco.

6. Cancelamento

Para realização correta e dentro dos prazos de cancelamento, o município estabeleceu algumas regras a serem seguidas:

– Até o vencimento do imposto, seja ele retenção (quinzenalmente) ou próprio (mensalmente);
– Até antes do pagamento seja ele pela retenção ou próprio;
– Via processo  administrativo, naqueles casos não enquadrados nas hipóteses anteriores.

7. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

Natureza da operação

8. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

Regime especial de Tributação

9. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.