Dashboard de Gestão Fiscal – NFS-e

Última atualização em: 25 de junho, 2020

Neste artigo explicaremos brevemente sobre a funcionalidade de cada gráfico da extensão Dashboard de Gestão Fiscal – NFS-e. Cada gráfico exibe o período em que os dados estão sendo considerados, ou se os mesmos são online.

Documentos não compliance:

Todos os documentos e eventos emitidos para a NFS-e, que estejam com status diferente de autorizado, inutilizado, cancelado e denegado serão relacionados neste gráfico.

Comunicação com prefeituras:

Informa o status da comunicação dos Web Services de recepção, quando o parceiro realiza emissão nas prefeituras que ele possui acesso. Assim, o gráfico apresenta comunicação normal ou falha dependendo do retorno de cada prefeitura. É possível verificar no gráfico o total de prefeituras que o parceiro possui acesso.

Situação das empresas:

Os emissores que não tiverem nenhum documento autorizado no InvoiCy no mês, poderão ser relacionados como empresa com problema, isso permite ter uma visão genérica das empresas que estão com problemas. Em conformidade, são empresas que tiveram ao menos um documento autorizado no mês. Desabilitada de monitoramento, são empresas que o usuário desabilita deste monitoramento, podendo reabilita-la a qualquer momento.

Processos Pendentes:

Esse gráfico é destinado a visualizar a fila de documentos com emissão e consulta, realizados no processo assíncrono, listando um totalizador de documentos pendentes de envio, de consulta e pendentes de cancelamento para todos os CNPJs da base do parceiro. Ao clicar sobre as visões “Pendentes de Envio”, “Pendentes de Consulta” ou “Pendentes de Cancelamento” o dashboard deve listar todos os CNPJs que possuem algum documento em fila assíncrona com aquela pendência. Já a visão de “Empresas Travadas”, irá listar um totalizador de CNPJs com a fila parada, o que é muito comum ocorrer por algum problema na fila, ou até mesmo, em filas sequenciais, onde uma nota fiscal rejeita, e só continua após sua correção.

Tipo de processamento:

Esse gráfico irá apresentar qual a quantidade de empresas configuradas no processo síncrono, e qual a quantidade de empresas configuradas no processo assíncrono. A visão deve permitir o detalhamento de cada tipo de processamento, visualizando toda a lista de CNPJs por tipo.

Municípios Integrados:

Através desse gráfico, será possível acompanhar o número de municípios integrados em cada tipo: emissão, importação de notas recebidas e importação de notas emitidas. Saiba mais sobre importação de notas emitidas e recebidas lendo os artigos Importação de NFS-e emitidas e NFS-e de entrada.

Vencimento de certificados:

Relaciona os certificados dos emissores do parceiro próximos do vencimento, separados conforme as faixas de dias. Ao clicar no gráfico será direcionado para a tela com os certificados, exibindo quantos CNPJs estão atrelados a este certificado. Ao editar o certificado terá acesso para atualizar ou adicionar o mesmo para as empresas emissoras.

Falha no envio de e-mail:

Agrupamento de todos os e-mails que tiveram falha no envio, devido a erro de endereço eletrônico ou no servidor de e-mail. Ao clicar no gráfico, será direcionado para a tela com os CNPJs e as quantidades de e-mail que não foram enviados.

Dashboard de Gestão Fiscal – NFC-e

Última atualização em: 25 de junho, 2020

Neste artigo explicaremos brevemente sobre a funcionalidade de cada gráfico da extensão Dashboard de Gestão Fiscal – NFC-e. Cada gráfico exibe o período em que os dados estão sendo considerados, ou se os mesmos são online.

Documentos não compliance:

Todos os documentos e eventos emitidos para a NFC-e, que estejam com status diferente de autorizado, inutilizado, cancelado e denegado serão relacionados neste gráfico.

Situação FTP:

Para emissores que utilizam a exportação via FTP, será possível monitorar todos os FTPs configurados. Caso tenha algum problema será relatado qual CNPJ foi afetado por falha de comunicação com o FTP, ou falha na gravação de arquivos nas pastas.

Consumo Indevido

Este gráfico, irá exibir a quantidade de empresas do parceiro que estão com algum dos seguintes bloqueios: bloqueio InvoiCy, bloqueio SEFAZ, Rejeição Repetitivas, que ocorrem por consumo indevido do Web Service do InvoiCy ou SEFAZ.

Comunicação com a SEFAZ:

Informa o status da comunicação com o Web Service de autorização da SEFAZ, nas UF que o Parceiro possui emissores de NFC-e. A UF na cor cinza pode indicar que o parceiro não tem CNPJ emissor cadastrado, ou que nenhum dos CNPJ cadastrados emitiu NFC-e no período. Ao clicar na UF, será direcionado para uma tela que mostrará a latência da comunicação, em determinado período.

Empresas sem documento autorizado:

Os emissores que não tiverem nenhum documento autorizado no InvoiCy no dia anterior, e que na semana passada tiverem emissão nesse mesmo dia da semana, poderão ser relacionados como sem emissão. Isso permite ter uma visão genérica das empresas com possíveis problemas como certificado vencido, emissor sem conexão com o InvoiCy, bloqueio do emissor na SEFAZ, etc.

Ao clicar na empresa, será possível desabilitá-la do monitoramento geral do dashboard. Para incluir a empresa no monitoramento novamente, basta clicar no número “Desabilitadas do monitoramento” e ativar a empresa.

Contingência offline:

Apresenta o percentual geral de emissão de NFC-e em contingência Offline, permitindo identificar os CNPJs com maiores índices e quais os motivos da emissão em contingência.

Agendamentos pendentes:

Informação dos agendamentos solicitados pelos usuários das empresas emissoras e que estejam pendentes, ou que já foram processados e tiveram alguma falha.

Rejeições (Top 10):

Serão contabilizadas as rejeições finais que tiverem maior incidência, e assim permitir ao parceiro identificar possíveis erros em regras de negócio, configurações da aplicação, cadastros de empresas, cadastros de produtos, etc.

Falhas no envio de e-mail:

Agrupamento de todos os e-mails que tiveram falha no envio, devido a erro de endereço eletrônico ou no servidor de e-mail. Ao clicar no gráfico, será direcionado para a tela com os CNPJs e as quantidades de e-mail que não foram enviados.

Vencimento de certificados:

Relaciona os certificados dos emissores do parceiro próximos do vencimento, separados conforme as faixas de dias. Ao clicar no gráfico será direcionado para a tela com os certificados, exibindo quantos CNPJs estão atrelados a este certificado. Ao editar o certificado terá acesso para atualizar ou adicionar o mesmo para as empresas emissoras.

Integração via API Rest para emissão de documentos

Última atualização em: 10 de junho, 2020

O InvoiCy permite que os clientes façam a integração via API Rest para efetuar o envio de documentos, por enquanto para os módulos NF-e/NFC-e e NFS-e. Além da emissão para esses módulos, também é possível efetuar o envio de eventos, inutilização, descarte e consultas de documentos, e ainda realizar o cadastro de novas empresas.

Para realizar a integração com as APIs o primeiro passo é se autenticar para que o InvoiCy possa garantir a segurança da origem da comunicação. Para isso, será necessário gerar um token de autenticação no padrão JWT (RFC – 7519), e enviar para a rota {{host}}/oauth2/invoicy/auth. Abaixo é detalhado como deverá ser gerado esse token:

  • O host varia por ambiente sendo homologação https://apibrhomolog.invoicy.com.br e produção https://apibr.invoicy.com.br.
  • O parâmetro “iat” é um numérico com a data de criação do token, deve ser informado a data/hora atual no fuso zero, desde a Era Unix. 
  • O parâmetro “exp” é um numérico com a data de expiração do token, nele deve ser informado a data/hora atual no fuso zero, desde Era Unix, mais 120 segundos, resultando o tempo de expiração no formato timestamp. O tempo de expiração do token deverá ser no máximo de 120 segundos. 
  • O parâmetro “sub” é uma string com o CNPJ da empresa ou a chave de parceiro. Quando for gerado um token para cadastro/atualização de empresa deverá conter a chave de parceiro nesse caso, no restante das situações será utilizado o CNPJ da empresa.
  • O parâmetro “partnerKey” é uma string com a chave de parceiro fornecida pelo InvoiCy. Quando for gerado um token para cadastro de empresa, não enviar essa informação.
  • A chave de acesso é a chave privada fornecida pelo InvoiCy para cada empresa cadastrada. Quando for gerado um token para cadastro de empresa deverá conter a chave de acesso do parceiro nesse caso. 
  • Obs: para consulta de empresa utilizar o token com o CNPJ e não chave de parceiro.

Tendo criado o token JWT, deverá ser enviado para a API de autenticação para obter o refreshToken e accessToken. Avaliar o exemplo “Gerar Token” que está na documentação do Postman descrita abaixo.

refreshToken será utilizado para criar um novo accessToken válido quando o mesmo expirar. Quando expirar o refreshToken será necessário realizar o mesmo processo descrito acima para obter um novo token válido. Avaliar o exemplo “Refresh Token” que está na documentação do Postman descrita abaixo.

accessToken deverá ser enviado no header “Authorization” em todas as requisições de documentos ou empresa. 

Para facilitar seu entendimento criamos uma documentação com todas as integração no Postman, clique aqui para acessá-la.

Ao clicar na opção LANGUAGE, você pode selecionar a linguagem desejada para gerar exemplos de integração, onde será montado o código com a requisição de acordo com a linguagem selecionada.

IMPORTANTE: os arquivos enviados na integração Rest seguem os layouts de emissão específicos de cada módulo do InvoiCy, a estrutura desses campos não sofreu nenhuma alteração. Para facilitar seu entendimento, disponibilizamos abaixo o layout de envio de cada módulo:

Para o cadastro de empresas também deve-se seguir o layout de integração:

Release Notes – Versão 2.27.0

Versão 2.27.0 – 09/06/2020 – em produção

Integração via API Rest para emissão de documentos

A partir dessa versão o InvoiCy permite que os clientes façam a integração via API Rest para efetuar o envio de documentos dos módulos NF-e/NFC-e e NFS-e. Além da emissão para esses módulos, também é possível efetuar o envio de eventos, inutilização, descarte e consultas de documentos, e ainda realizar o cadastro de novas empresas.

Para realizar a integração com as APIs o primeiro passo é se autenticar para que o InvoiCy possa garantir a segurança da origem da comunicação. Para isso, será necessário gerar um token de autenticação no padrão JWT (RFC – 7519), e enviar para a rota {{host}}/oauth2/invoicy/auth. Abaixo é detalhado como deverá ser gerado esse token:

  • O host varia por ambiente sendo homologação https://apibrhomolog.invoicy.com.br e produção https://apibr.invoicy.com.br
  • O parâmetro “iat” é um numérico com a data de criação do token, deve ser informado a data/hora atual no fuso zero, desde a Era Unix. 
  • O parâmetro “exp” é um numérico com a data de expiração do token, nele deve ser informado a data/hora atual no fuso zero, desde Era Unix, mais 120 segundos, resultando o tempo de expiração no formato timestamp. O tempo de expiração do token deverá ser no máximo de 120 segundos. 
  • O parâmetro “sub” é uma string com o CNPJ da empresa ou a chave de parceiro. Quando for gerado um token para cadastro/atualização de empresa deverá conter a chave de parceiro nesse caso, no restante das situações será utilizado o CNPJ da empresa.
  • O parâmetro “partnerKey” é uma string com a chave de parceiro fornecida pelo InvoiCy. Quando for gerado um token para cadastro de empresa, não enviar essa informação.
  • A chave de acesso é a chave privada fornecida pelo InvoiCy para cada empresa cadastrada. Quando for gerado um token para cadastro de empresa deverá conter a chave de acesso do parceiro nesse caso. 
  • Obs: para consulta de empresa utilizar o token com o CNPJ e não chave de parceiro.

Tendo criado o token JWT, deverá ser enviado para a API de autenticação para obter o refreshToken e accessToken. Avaliar o exemplo “Gerar Token” que está na documentação do Postman descrita abaixo.

O refreshToken será utilizado para criar um novo accessToken válido quando o mesmo expirar. Quando expirar o refreshToken será necessário realizar o mesmo processo descrito acima para obter um novo token válido. Avaliar o exemplo “Refresh Token” que está na documentação do Postman descrita abaixo.

O accessToken deverá ser enviado no header “Authorization” em todas as requisições de documentos ou empresa. 

Para facilitar seu entendimento criamos uma documentação com todas as integração no Postman, clique aqui para acessá-la.

Ao clicar na opção LANGUAGE, você pode selecionar a linguagem desejada para gerar exemplos de integração, onde será montado o código com a requisição de acordo com a linguagem selecionada.

Nas próximas versões estaremos liberando novos serviços com REST. Fique atento as novidades! Para mais informações acesse o artigo Integração via API Rest para emissão de documentos.

Impressão da identificação do Local de Entrega e Retirada juntos no DANFE

Nas versões anteriores era possível imprimir apenas o endereço de local de entrega ou o endereço de local de retirada no DANFE. A partir dessa versão, será possível imprimir os dois endereços juntos no DANFE, através da configuração da opção ‘Exibição do endereço de entrega e retirada’, nas configurações de impressão da NF-e.

Ao selecionar a opção ‘Ambos’, no DANFE será impresso o bloco do endereço de local de entrega e endereço de local de retirada, como pode ser visto na imagem abaixo.

Possibilitar a impressão do DANFE com diferentes logomarcas

Estamos disponibilizando nesta versão do InvoiCy uma funcionalidade que permite ao cliente a escolha de qual logomarca será impressa no DANFE. 

Para utilizar essa opção primeiramente será necessário cadastrar as logomarcas que deseja utilizar, atentando-se para que cada logomarca tenha um apelido diferente.

Após ter as imagens cadastradas, será preciso informar ao InvoiCy qual logomarca deverá ser apresentada no DANFE. Para isso será preciso enviar dentro do XML de integração o apelido que foi informado no momento do cadastro.

Para contemplar o envio dessas novas informações, foi criado um novo grupo de tags chamado <Parametros> e dentro deste grupo deverá ser enviada a tag <ApelidoLogomarca>, conforme imagem a seguir. Clique aqui para fazer download de um arquivo XML contendo o novo grupo.

Com base nessas informações o InvoiCy irá gerar o DANFE exibindo a logomarca conforme o apelido informado.

Caso não for enviada a tag <ApelidoLogomarca> ou o apelido informado não corresponder a uma logomarca cadastrada, o InvoiCy irá gerar o DANFE com a logomarca padrão da empresa, caso esta estiver cadastrada.

Essa nova funcionalidade está disponível inicialmente para o módulo NF-e.

Nova coluna “Forma de Pagamento” na exportação de documentos em Excel

Para os clientes que realizam a exportação dos documentos para o formato Excel, passamos a disponibilizar também a informação de forma de pagamento, como pode ser visto na imagem abaixo.

Importação de NFS-e de entrada via Web Service

A partir de agora, a importação de NFS-e de entrada via web service no InvoiCy está disponível também para os padrões DUETO 2 e SAATRI, totalizando 98 municípios.

Para realizar a importação dos documentos é necessário ter contratada a extensão de Importação de Documentos. Saiba mais sobre a importação de NFS-e de entrada clicando aqui.