Release Notes – Versão 2.33.0

Versão 2.33.0 – 14/12/2020 – em produção

Bom, agora que você já viu quais são as novidades da nova versão, vamos entender melhor cada item e como cada um vai funcionar na prática!

Nova opção de consulta de NF-e por chave de acesso nas telas de manifestação de destinatário e importação de documentos;

Olha só que novidade bacana! A partir de agora, na tela de extensão de manifestação de destinatário e importação de documentos você encontra uma nova opção que permite a busca de documentos por chave de acesso diretamente no Web Service de distribuição DF-e da SEFAZ, conforme demonstra a imagem a seguir. Dessa forma, possibilitamos Possibilitamos à empresa buscar um documento específico pela chave de acesso, sem aguardar o processo automático do InvoiCy efetuar a busca.

Mas antes de mais nada, vamos entender um pouco mais sobre o funcionamento do processo de consulta por chave de acesso no Web Service de DistribuicaoDFe da SEFAZ:

Como funciona? 

Esse processo de consulta permite ao interessado consultar uma NF-e pela chave de acesso. Para isso, a chave de acesso informada deve ser válida, existir no Ambiente Nacional e estar vinculada ao interessado como destinatário, transportador ou terceiro.

Caso a consulta seja realizada pelo destinatário, o Ambiente Nacional irá verificar a existência de sua manifestação (“Ciência da Operação”, “Operação não Realizada” ou “Confirmação de Operação”). 

Em caso da existência da manifestação do destinatário, a NF-e será retornada para o destinatário. Caso contrário, será retornado apenas o resumo da NF-e, possibilitando ao destinatário realizar a manifestação. 

Para transportador e terceiros, a NF-e estará disponível integralmente na consulta. Para o emitente, a NF-e não será disponibilizada nesta consulta.

Assim como nas demais consultas disponibilizadas pelo Web Service NFeDistribuicaoDFe, a consulta por chave de acesso estará disponível para documentos recebidos pelo Ambiente Nacional nos últimos 90 dias. Após este período não será possível recuperar a NF-e.

Ao clicar sobre a opção “Consulta por chave de acesso” será exibida uma tela para o usuário informar a chave de acesso do documento e disparar a consulta, conforme mostra a imagem a seguir. 

A partir desta mesma tela, ao consultar pela chave de acesso de um documento com status RESUMO, será possível realizar o evento de ciência da operação. Uma super novidade, não é mesmo?!

Possibilidade de imprimir no DANFE o quadro Fatura/Duplicatas, mesmo sem informações;

Ao enviar uma NF-e sem preencher as informações de fatura e duplicatas, será possível imprimir no DANFE o quadro correspondente, mesmo sem nenhuma informação.

Para isso, basta configurar o parâmetro ‘Imprimir duplicatas’ com a opção ‘Sim mesmo que em branco’, como demonstra a imagem a seguir.

No DANFE serão exibidos esses quadros, porém em branco.

Ao enviar essas informações no XML e o parâmetro mesmo assim estiver configurado com a opção ‘Sim mesmo que em branco’, as informações serão impressas normalmente no DANFE. 

Mas atenção! Essa opção está disponível apenas para o DANFE modelo retrato personalizado.

Para os demais modelos, a impressão dessas informações não sofreu nenhum impacto e segue imprimindo esses quadros apenas se vier com as informações preenchidas no XML e o parâmetro estiver configurado como ‘Sim’.

Esse novo parâmetro também pode ser configurado no cadastro de empresas via web service. Para isso, é preciso informar a tag <ImprimirDuplicatas> com o valor ‘SB’, no grupo de parâmetros de impressão do módulo NF-e.

– Possibilidade de retornar os documentos ao consultar o protocolo de importação para o módulo NFS-e;

Oba! A partir desta nova versão, os clientes que fizerem uma importação de NFS-e através do Web Service aimportacao.aspx, ao consultar o protocolo dessa importação poderão obter os documentos no layout único do InvoiCy, através do novo campo <RetornarDocumentos>.

Ao realizar a consulta do protocolo basta enviar este campo preenchido com S, como pode ser visto na imagem a seguir.

No resultado da consulta será retornado o layout dos documentos importados no respectivo protocolo.  Lembrando que essa funcionalidade está disponível apenas para documentos do módulo NFS-e.

Release Notes – Versão 2.32.0

Versão 2.32.0 – 13/11/2020 – em produção

Bom, agora que você já viu quais são as novidades da nova versão, vamos entender melhor cada item e como cada um vai funcionar na prática!

– Adequação do processo de importação de documentos para contemplar os eventos de ‘Comprovante de entrega’ e ‘Cancelamento do comprovante de entrega’ do CT-e:

O que isso significa? Nessa nova versão do InvoiCy, adequamos o processo de importação de documentos para que possam ser importados os novos eventos de Comprovante de Entrega e Cancelamento de Comprovante de Entrega, instituídos pela NT 2019.001 da Sefaz. A importação poderá ser realizada manualmente via tela do InvoiCy ou de forma automatizada, podendo ser via e-mail ou pela consulta que o InvoiCy realiza no Web Service de distribuição da Sefaz, por meio das Extensões de Importação de Documentos e Manifestação do Destinatário.

Melhorias no processo de exportação de documentos recebidos:

Olha só que bacana! Foram realizadas algumas melhorias com o intuito de agilizar os processos de exportação de documentos, via tela e também via Web Service.

Na tela de exportação de documentos, ao selecionar a opção Tipo como Recebidos, alguns grupos de filtros não estarão disponíveis em tela, como “Emitidos em contingência”, “Filtrar por rejeição” e “Alterações”, pois esses filtros se aplicam apenas para os documentos do tipo Emitidos. Também não serão mais disponibilizados filtros pelos seguintes status: Pendente de assinatura; EPEC; Aguardando consulta; Contingência offline; Pendente de consulta/Em processamento; e Em conflito.

Da mesma forma, ao realizar a exportação de documentos em lote via Web Service, para documentos do tipo recebidos, não serão aceitos os status: 7-Aguardando consulta; 9-Em conflito; 10-EPEC; e 11-Contingência offline, pois estes também estão disponíveis apenas para documentos emitidos.

Possibilidade de consultar a quantidade de documentos recebidos via Web Service:

A partir de agora, ao realizar a consulta da quantidade de documentos emitidos e recebidos utilizando o web service aconsultabilhetagem.aspx, o cliente obterá uma listagem mais detalhada onde é possível identificar as quantidades de cada tipo de documento, sejam eles emitidos, recebidos, importados ou baixados, além de eventos e documentos que foram manifestados

Essa consulta agora está disponível também para empresas que possuem contratadas as extensões de Importação de Documentos ou Manifestação do Destinatário, mesmo que não tenham licença ativa para emissão de documentos no InvoiCy. Uma super novidade, não é mesmo?!

– Possibilidade de cancelamento para o padrão Metrópolis de NFS-e:

Oba! A partir dessa versão, os municípios de Lauro de Freitas, Ilhéus e Juazeiro, que integram com o padrão Metrópolis, tem disponível também o serviço de cancelamento de NFS-e.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida? Encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!

Padrão Public Soft

Última atualização em: 09 de abril, 2021

O Padrão Public Soft segue o modelo padronizado ABRASF 2.02. Segue abaixo suas particularidades:

Durante o seu cadastro de empresa no InvoiCy deve informar na aba de configurações para emissão da NFS-e os dados de usuário e senha. O usuário será o Token de Acesso e a senha é a Senha NFS-e que deve ser copiado nos dados cadastrais no site da Prefeitura do seu município, conforme imagens abaixo.

Acesse o portal da prefeitura com o seu cadastro e terá acesso ao seu cadastro, acesse a aba Dados Cadastrais, em Meu cadastro e terá acesso ao token de acesso e senha NFS-e.

1. O sistema não permite

  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Tomador estrangeiro.

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor no ISS Retido.

3. Código CNAE

O código CNAE segue a regras legislativas do município, devendo ser informado conforme o item da lista de serviço cadastrado pela sua empresa no cadastro do portal do município.

4. Impressão

Não possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

5. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

6. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

7. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Release Notes – Versão 2.31.0

Versão 2.31.0 – 15/10/2020 – em produção

Bom, agora que você já viu quais são as novidades da nova versão, vamos entender melhor cada item e como cada um vai funcionar na prática!

  • ID do estrangeiro no DANFE:

Olha só que bacana! A partir dessa versão, ao emitir uma NF-e onde o destinatário é estrangeiro, essa informação também será impressa no DANFE. Veja um exemplo na imagem que segue:

  • Possibilidade de importação de XML no padrão Tributos Municipais:

Atenção! Prestadores de serviço do município de Abreu e Lima – PE, atendidos pelo padrão Tributos Municipais, agora podem importar o retorno da prefeitura por meio de arquivo XML obtido diretamente no site do município. Uma super novidade, não é mesmo?!

Até agora, essa importação era possível somente via arquivos TXT, porém, nesses arquivos a prefeitura não disponibiliza o código de verificação da NFS-e emitida. Já no arquivo XML é possível obter as informações completas do documento, inclusive o código de verificação da NFS-e, assim, ao importar esse arquivo de retorno no InvoiCy o documento será atualizado com base nos dados importados. Muito mais completo!

  • Integração com o padrão Public Soft de Patos – PB

Oba! Foi liberada a integração com o município de Patos – PB, atendido pelo padrão Public Soft. A partir de agora, prestadores de serviço deste município podem emitir NFS-e pelo InvoiCy! Não perca tempo! Para mais informações acesse o artigo do padrão clicando aqui.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida? Encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!

Padrão Prescon WS

Última atualização em: 08 de abril, 2021

O Padrão Prescon WS segue o modelo padronizado pela prefeitura. Segue abaixo suas particularidades:

Importante:

  • Ao cadastrar uma nova empresa deverão ser preenchidos os campos de ‘Usuário’ e ‘Senha’ de autenticação nas configurações de NFS-e da empresa.
  • É necessário solicitar a AIDF para emissão de documentos caso não tenha sido aprovada anteriormente ou tenha se esgotado as numerações disponíveis.
  • A numeração de RPS é sequencial e deve ser enviada a próxima numeração da última nota autorizada no sistema da prefeitura, ou seja, o padrão não diferencia documentos emitidos via digitação ou webservice. Caso tenha dúvidas qual o numeração a ser preenchido acesse o portal do município no menu ‘Lançamento’ posteriormente clicando no item ‘Nota Fiscal Eletrônica’. Checar o número inicial que está dentro do quadro ‘Quantidade de notas restantes’.

1. O sistema não permite

  • Consulta de NFS-e por RPS;
  • Substituição de NFS-e;
  • Inutilização de NFS-e;
  • Envio de RPS sem tomador;
  • Informar o Intermediário do serviço.

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor no ISS Retido;
  • Informar o tipo de retenção do ISS (verificar tabela abaixo).

3. Código CNAE

O código CNAE segue a regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios não possui a exigência para informar, portanto mantendo em branco.

4. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão da prefeitura:

5. Retenção do ISS

Conforme a tabela abaixo:

6. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Padrão SISGENFe

Última atualização em: 09 de abril, 2021

O Padrão SISGENFe utiliza um modelo próprio de layout XML. Segue abaixo suas particularidades:

Importante:

Ao cadastrar uma nova empresa deverá ser preenchido o campo de ‘Chave primária de autenticação’ nas configurações para emissão de NFS-e da empresa. Este token para emissão via webservice deve ser solicitado junto a prefeitura do seu município através do email ‘central@systemainformatica.com.br’.

1. O sistema não permite:

Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica.

2. Obrigatoriedades

  • Informar dados do tomador do serviço (Previamente cadastrado na prefeitura).
  • Envio de numeração sequencial em documentos de mesma série.
  • Informar o Item na lista de itens informando o código da atividade
    exercida, as atividades estão previamente cadastradas na
    prefeitura.

3. Códigos de cancelamentos:

4. Unidade de medida dos itens

5. Código CNAE

Não há campo para informar CNAE, o mesmo já está previamente incluído no item no envio, somente é informado o id da atividade.

6. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Release Notes – Versão 2.30.0

Versão 2.30.0 – 11/09/2020 – em produção

Olá pessoal!

Já está disponível em produção, a versão 2.30.0 do InvoiCy.

Confira as novidades:

  • Nova opção na etapa de Licenciamento do Wizard de cadastro de empresas;

A partir de agora, no wizard de cadastro de empresas via tela, o InvoiCy conta com uma nova opção na etapa de Licenciamento, possibilitando a utilização das extensões do InvoiCy, sendo necessário apenas marcar esta opção, como pode ser observado na imagem abaixo:

Sendo assim, as empresas que não irão realizar a emissão através do InvoiCy, mas sim somente fazer uso das extensões poderão estar selecionando essa opção ao realizar o seu cadastro.

  • Download de PDF na tela de Documentos recebidos;

Na tela de documentos recebidos, você vai encontrar uma nova opção de download dos arquivos PDF: ‘Download PDF – Arquivos separados’, como demonstra a imagem abaixo.

Ao selecionar vários documentos na tela e selecionar essa nova opção, os PDFs serão exportados em arquivos separados, compactados em um arquivo .zip.

Porém, caso optar por: ‘Download PDF – Arquivo único’, será feita a exportação de um único arquivo PDF, contendo todos os PDF dos documentos selecionados.

  • Busca de documentos retroativos na ativação das extensões;

Temos uma super novidade! A partir dessa versão do InvoiCy, as empresas que ativarem a extensão de Importação de documentos e Manifestação do destinatário poderão optar caso queiram realizar a busca de seus documentos retroativos ou não, através do novo parâmetro criado. Basta configurar na opção ‘Buscar documentos retroativos’, como pode ser observado na imagem abaixo. Bacana, não é mesmo!?

Mas atenção! Por padrão, o parâmetro virá configurado como ‘Não’, desta forma,serão buscados apenas os documentos a partir da data de ativação da extensão. Caso a empresa informe um NSU, a consulta será feita a partir do NSU informado.

Para realizar a busca de seus documentos retroativos, será necessário configurar como ‘Sim’ e a partir disso, o InvoiCy irá consultar e armazenar os documentos que a SEFAZ retornar, que podem ser de até 90 dias retroativos. Caso a empresa informe um NSU a consulta também será feita a partir do NSU informado.

Mas as novidades não param por aí! Esse novo parâmetro também pode ser configurado no cadastro de empresas via web service. Para isso, é preciso informar a tag <BuscarDocsRetroativos> com o valor ‘S’ ou ‘N’ no grupo de parâmetros das extensões de manifestação do Destinatário e de Importação de Documentos.

Lembrando que, para que a configuração ocorra corretamente, o parâmetro deve ser enviado com o mesmo valor nas duas extensões, ok?

Detalhamento da versão

Para conhecer as demais modificações realizadas nessa versão, clique aqui.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida, encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!

Versão 2.30.0 – mais detalhes

Última atualização em: 11 de setembro, 2020

Confira mais alterações e melhorias realizadas na versão 2.30.0 do InvoiCy, que já está em produção:

Código da solicitação – Descrição:

Módulo NFS-e:

11937 – Integração com o padrão SysISS MGA: liberada a integração com o município de Cruzeiro do Oeste – PR, atendido pelo padrão SysISS MGA. A partir de agora prestadores de serviço deste município podem emitir NFS-e pelo InvoiCy. Para mais informações acesse o artigo do padrão clicando aqui.

11898 – Integração com o padrão Centi: liberada a integração com o município de Rio Verde – GO, atendido pelo padrão Centi. A partir de agora prestadores de serviço deste município podem emitir NFS-e pelo InvoiCy. Para mais informações acesse o artigo do padrão clicando aqui.

Padrão SysIss MGA

Última atualização em: 09 de abril, 2021

O Padrão SysISS MGA segue o modelo padronizado ABRASF 2.02. Segue abaixo suas particularidades:

1. Obrigatoriedades:

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Alterar senha do usuário no sistema.

Deve-se logar no sistema: https: //nfsemga.wphomologacao.com.br/#/nota-fiscal

Seguir conforme numeração das imagens, clicar na empresa, configurações, clicar em Gerar Chave e a chave de acesso será gerada, copiar essa chave e colocar no campo “Senha de autenticação” dentro do InvoiCy, na tela “Configurações para a emissão de NFS-e”.

Alterar senha no ambiente de produção para o cliente:

Logar no site: https://nfse.cruzeirodooeste.pr.gov.br/#/ e executar os mesmos passos de homologação.

2. Tomador do exterior

  • Não informar o CPF ou CNPJ e o campo CEP;
  • O campo de Exigibilidade ISS deve ser informado 4, conforme layout (Exportação);
  • Código do município deve ser informado vazio para o grupo do tomador bem como para o serviço;
  • Informar o país de prestação de serviço no grupo do serviço.

3. Código CNAE

  • O código CNAE segue a regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios não possui a exigência para informar, portanto mantendo em branco.

4. Impressão

  • Não disponibiliza link de impressão diretamente do sistema da prefeitura. O modelo gerado pelo InvoiCy é válido como comprovante.

5. Série

Há algumas particularidades em relação a série da NFS-e:

9. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Padrão DSF 2

Última atualização em: 02 de setembro, 2019

O padrão DSF 2 consiste no novo sistema de emissão do município de Macapá/AP, seguindo o mesmo modelo de emissão ISSWEB Fiorilli, que era utilizado anteriormente no município. Praticamente as mesmas regras e modelo de integração foram mantidas para reduzir as modificações por parte do prestador.

Diferentemente do ISSWEB Fiorilli, agora é necessário informar o campo CNAE. Muitos prestadores não enviavam esta informação ao InvoiCy, pois a prefeitura utilizava apenas o item de serviço e código de tributação do município. Entretanto agora se não informar o CNAE ocorrerá rejeição.

O CNAE deve ser consultado acessando o sistema novo de emissão > CONFIGURAÇÃO EMPRESA.

Para configurar alíquota e competência, acesse: CONFIGURAÇÃO EMPRESA > Manutenção Detalhe > Simples Nacional.

2019-09-03

No momento da troca o município não disponibilizava ambiente de homologação. Desta forma, recomenda-se aos emissores que já emitiam com o InvoiCy usando o padrão ISSWEB Fiorilli, continuarem emitindo normalmente em produção e realizar ajustes em caso de rejeições.

Importante:

Conforme orientações do portal do município de São José dos Campos, é necessário criar uma nova senha para começar a emitir no novo sistema. Para mais informações acesse o link: https://nfe.macapa.ap.gov.br