Padrão Tinus Upload

Última atualização em: 20 de maio, 2015

 

O Padrão Tinus Upload tem sua estrutura baseada no modelo ABRASF 1.0, no entanto não tem suporte à tecnologia de Web Services, sendo necessário realizar o upload dos arquivos no site da prefeitura.

A natureza da operação segue a tabela unificada do layout de integração. Outras particularidades são listadas abaixo.

1. Ambiente de homologação

O Usuário deve submeter o arquivo do Lote de RPS através de uma página disponibilizada pela prefeitura, ao acessar a página, o usuário deverá selecionar o arquivo XML gerado e após clicar no botão “Upload Lote RPS Em HOMOLOGAÇÃO”, se não tiver nenhum problema com a estrutura do lote de RPS retornará a seguinte mensagem em tela “ARQUIVO CARREGADO COM SUCESSO!”, juntamente com outras informações referentes ao carregamento do arquivo, caso o arquivo contenha erro(s), o sistema encerrará o processo de upload do Lote RPS e mostrar ao usuário os problemas que ocorreram. O processamento do lote é assíncrono, ou seja, assim que o mesmo é carregado, pode demorar alguns minutos para que o sistema gere as notas fiscais referentes ao arquivo carregado.

2. O sistema não permite:

  • Informar o Intermediário do serviço.
  • Substituição de RPS.
  • Itens da nota.

3. Número e Série do RPS

O Sistema de processamento do lote de RPS não leva em consideração a Série do RPS, porém aconselha-se utilizar sempre a mesma série para fins de controle da numeração pois os números do RPS devem ser sequenciais.

4. Consulta

O sistema permite a consulta das NFS-e geradas e exportação do espelho do RPS para impressão.  O sistema da prefeitura permite também que seja exportado um arquivo XML contendo as informações da NFS-e, para que as notas sejam atualizadas no InvoiCy, é preciso realizar o envio desse arquivo de retorno.

Para enviar o arquivo com as NFS-e para o InvoiCy, utiliza-se o mesmo web service para o Envio do RPS. A diferença nesse caso é que o XML deve conter apenas o Cabeçalho e as tags <Arquivo>,<ExtensaoArquivo>,<CNPJ_Prest> e <tpAmb>. A tag <Arquivo> preenchida com o arquivo da prefeitura codificado em Base64, a tag <ExtensaoArquivo> com a extensão do arquivo, <CNPJ_Prest> com o CNPJ da Empresa e a tag <tpAmb> com o Tipo de Ambiante: 1-Produção e 2-Homologação. O InvoiCy irá realizar o processamento necessário para o padrão e retornar o status do mesmo.

Veja um exemplo de upload.

Para realizar a consulta da NFS-e deve acessar o sistema da prefeitura com as credenciais fornecidas pela mesma, após acessar “Serviços -> NFS-e -> Consulta”.

5. Cancelamento

Só é possível realizar o cancelamento de NFS-e através do sistema da prefeitura, para isso o contribuinte deverá acessar o mesmo com as credenciais que lhe foram fornecidas pela própria prefeitura e seguir o seguinte caminho “Serviços -> NFS-e -> Cancelamento”.

6. Exemplo de XML

Para visualizar um XML de exemplo clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s