Extensão Compliance NFS-e

Última atualização em: 06 de maio, 2021

Estamos disponibilizando uma nova extensão no InvoiCy, a Compliance NFS-e. Essa nova extensão foi desenvolvida com objetivo de facilitar a busca de informações essenciais para emissão de Notas Fiscais de Serviços. Por meio dela é possível obter informações como Particularidades dos Padrões, Naturezas de Operação, Códigos de Tributação do Município (TributMunicipio), Itens da Lista de Serviços (IteListServico), Descrições dos Serviços, Alíquotas, Observações das Alíquotas, Retenção de ISS e INSS, Domicílio do ISS (local de pagamento), Data de Início de Vigência da Lei, Fonte da Base Legal das Informações, Formato do Item da Lista de Serviços e Observações de cada município.

Importante: As informações retornadas pela extensão Compliance NFS-e dependem dos dados disponibilizados pelas prefeituras. Portanto, a Migrate se resguarda em não retornar dados de um município, caso estes não estejam disponíveis.

Ativação da Extensão

Para utilização dos serviços apresentados a seguir é necessária a ativação da Extensão Compliance NFS-e e dos municípios que o parceiro deseja consultar as informações.

No InvoiCy, nova extensão pode ser acessada através do menu de Extensões, por meio do ícone correspondente ao Compliance NFS-e.

Ao clicar no ícone será aberta a tela com as informações da extensão.

A ativação dos municípios para realizar a consulta dos dados para emissão é realizada na aba ‘Ativação’, marcando a opção ‘Ativar’ e confirmando a ação na janela que será apresentada.

Nessa tela é possível realizar a ativação de um município individualmente ou de todos os municípios disponíveis na extensão. A busca por municípios poderá ser realizada por meio do código IBGE e Nome, sendo possível filtrar ainda por UF e status.

Para os municípios que constam na lista como “Não habilitados” será possível realizar a solicitação de mapeamento das informações. Para solicitar a habilitação de um município deve ser marcada a opção na coluna “Solicitar”. Essa solicitação será enviada para a Migrate, que dará início ao levantamento das informações e atualização dos dados no InvoiCy. Após esse processo será possível consultar os dados via integração e via tela no sistema.

Ativação via web service

A ativação da extensão pode ser realizada no momento do cadastro da empresa, para empresas novas, ou por meio da atualização das informações de uma empresa já cadastrada no InvoiCy.

Em ambos os casos, é preciso adicionar o grupo de informações referentes a nova extensão no layout de cadastro de empresas, conforme exemplos a seguir.

Para integração via SOAP

TipoExtensao – Código da extensão que será ativada. Para Compliance NFS-e informar ‘10’.

Módulo – Módulo para o qual a extensão será ativada. Informar ‘NFSe’.

MunicipiosAtivar – Informar o código do IBGE do município que deseja ativar para consultar as informações. Podem ser informados vários códigos usando o separador ‘;’ ou a palavra ‘Todos’, ativando assim todos os municípios habilitados na extensão. Para ativar um município também é necessário informar o campo Ativar como ‘S’.

Somente serão retornadas informações dos municípios já habilitados na extensão e que foram ativados pelo parceiro na extensão Compliance NFS-e.

MunicipiosDesativar – Informar o código do IBGE do município que deseja desativar na extensão. Podem ser informados vários códigos usando o separador ‘;’ ou a palavra ‘Todos’, desativando assim todos os municípios ativos para o parceiro na extensão. Para desativar um município também é necessário informar o campo Ativar como ‘N’. 

Ativar – Informar ‘S’ para Ativar a extensão e municípios e ‘N’ para Desativar a extensão e municípios.

Baixe o nosso layout de cadastro de empresas, já atualizado com todas as informações.

Consultar Serviços do Município (REST)

Por meio dessa consulta é possível obter uma listagem de todos os serviços e as naturezas de operação cadastrados em determinado município.

Essa consulta é destinada a usuários parceiros, portanto, para a realização da mesma é necessário a geração de um Token com os dados da Chave de Parceiro, conforme descrito a seguir.

Para geração do Token do parceiro deve ser enviada a Chave de Parceiro no parâmetro ‘sub’, os demais campos seguem a mesma estrutura da geração de token para empresas.

Mais informações sobre a geração do Token podem ser conferidas no link: https://desenvolvedores.migrate.info/2020/06/10/integracao-via-api-rest-para-emissao-de-documentos/

Exemplos das requisições para consultar a lista de serviços do município podem ser encontrados neste link: https://documenter.getpostman.com/view/9193875/TVzLnKfu#67002792-cb7f-4a1b-8643-f22823963341

Consultar Serviços do Município (SOAP)

Clientes que utilizam integração via SOAP com o InvoiCy podem realizar a busca pelos serviços dos municípios por meio do web service ‘arecepcao.aspx’, o mesmo utilizado para envio de documentos. Para essa consulta é preciso enviar a estrutura a seguir com as informações e os parâmetros desejados.

Faça download do exemplo clicando aqui.

Onde:

Modelo Documento – Disponível apenas para NFSe

CNPJEmissor – CNPJ da empresa cadastrada no InvoiCy

Versão – 1.0 (fixo)

tpAmb – Ambiente de emissão, sendo 1 – Produção e 2 – Homologação

CodMunicipio – Código IBGE do município que deseja consultar as informações

RetornaListaServiço – Retornar a lista de serviços do município, sendo S – Sim e N- Não

RetornaNaturezaOp – Retornar a lista de naturezas de operação do município, sendo S – Sim e N – Não.

Consulta Particularidades dos Padrões

Atualmente a consulta das particularidades de cada padrão de NFS-e integrado com o InvoiCy encontra-se disponível em nosso Portal dos Desenvolvedores, em forma de artigos onde são listadas as características próprias de cada um. Com a nova extensão do InvoiCy, catalogamos todas as particularidades de cada padrão integrado e disponibilizamos para consulta por meio de uma API.

A consulta de particularidades dos municípios foi adicionada à Consulta de Municípios Integrados já disponibilizada pelo InvoiCy, que a partir de agora passa a retornar informações mais completas para aqueles parceiros que tenham o município ativado na extensão Compliance NFS-e. Caso o município não esteja ativo, o retorno da consulta de municípios integrados permanece da forma atual, retornando dados básicos.

Para obter as informações completas sobre as particularidades, a consulta deverá ser realizada pelo código IBGE do município.

Informações sobre a consulta de municípios integrados podem ser obtidas no link a seguir: https://desenvolvedores.migrate.info/2016/05/05/consulta-de-municipios-integrados/

Para os parceiros com o município ativado na extensão, o retorno da consulta terá as seguintes informações, além daquelas que já retornam atualmente.

Ainda no Painel de Controle do InvoiCy, é possível acessar uma Lista de Serviços dos municípios. Para isso, adicionamos um novo ícone no grupo de informações de NFS-e, chamado “Lista Serviços Municípios”, por meio dele é possível consultar os serviços disponíveis em cada um dos municípios que o parceiro tiver ativado na Extensão Compliance NFS-e. Conforme mostra a imagem a seguir.

Importante lembrar que o acesso à essa opção está disponível para usuários do tipo Parceiro, porém, este poderá disponibilizar ao seu cliente final acesso à essa nova opção, para isso é necessário alterar as permissões no cadastro do usuário que terá acesso à essas informações.

Nessa tela é possível localizar os serviços disponíveis em um determinado município, buscando por meio do código IBGE do mesmo, pelo nome do município, código de tributação, código do item da lista de serviços ou pela descrição do serviço.

Oferecemos também a possibilidade de exportar as informações listadas em tela para um arquivo .csv, clicando sobre o botão conforme mostra a imagem a seguir.

Ao clicar no ícone , na última coluna da tela, é possível consultar detalhes de um determinado serviço, como mostra a imagem a seguir.

Release Notes – Versão 2.38.0

Versão 2.38.0 – 13/05/2021 – em produção

Olá pessoal!

Já está disponível em produção a versão 2.38.0 do InvoiCy.

Confira as novidades:

– Adequação conforme NT 2020.006 v.1.20 – Intermediador da Operação:

Oba! O InvoiCy está atualizado de acordo com a nova NT 2020.006 v1.20, com atualizações nas regras de validação para a NF-e/NFC-e versão 4.0, alteração na obrigatoriedade do indicativo da operação com intermediador/marketplace, e inclusão da descrição do meio de pagamento.

O prazo previsto para a implementação das mudanças é:

Ambiente de homologação até: 03/05/2021
Postergada entrada em produção para: 01/09/2021

O que preciso alterar para me adequar a NT?

As alterações incluem o campo de indicativo da operação com intermediador/marketplace, que precisará ser informado apenas quando o indicador de presença (indPres) for igual a:

2 – Operação não presencial, pela Internet;
3 – Operação não presencial, Teleatendimento;
4 – NFC-e em operação com entrega a domicílio;
9 – Operação não presencial, outros.

E também foi incluído o novo campo xPag, dentro do grupo de Pagamento, para informar a descrição do meio de pagamento quando:
tPag (meio de pagamento) for igual a 99 – Outros.

Para ficar por dentro de todas as alterações realizadas em decorrência dessa NT, faça download do nosso layout de integração clicando aqui, as informações atualizadas estão destacadas em cor amarela. E não deixe de ler a NT 2020.006 v1.20 na íntegra.

– Nova extensão Compliance NFS-e:

Olha só que super novidade! Estamos disponibilizando uma nova extensão no InvoiCy, a Compliance NFS-e. Essa nova extensão foi desenvolvida com objetivo de facilitar a busca de informações essenciais para emissão de Notas Fiscais de Serviços.

Por meio dela é possível obter informações como Particularidades dos Padrões, Naturezas de Operação, Códigos de Tributação do Município (TributMunicipio), Itens da Lista de Serviços (IteListServico), Descrições dos Serviços, Alíquotas, Observações das Alíquotas, Retenção de ISS e INSS, Domicílio do ISS (local de pagamento), Data de Início de Vigência da Lei, Fonte da Base Legal das Informações, Formato do Item da Lista de Serviços e Observações de cada município.

Para mais informações leia o artigo completo clicando aqui.

– Informação do emissor no canhoto do DACTE:

A partir dessa versão, será possível imprimir a informação do nome do emissor no canhoto do DACTE, legal né?.

Basta configurar o novo parâmetro ‘Imprimir informações do nome do emissor do CT-e’, disponível na tela de configurações de impressão do módulo CT-e.

Ao configurar o novo parâmetro como ‘Sim’, será impresso no cabeçalho do DACTE a informação do nome do emissor.

Mas atenção! Essa configuração está disponível apenas para o DACTE na orientação Retrato.

– Possibilidade de gerar duas vias do DANFE via InvoiCy Conector:

E tem mais! Com a atualização desta nova versão, os usuários terão a possibilidade de gerar o DANFE duplicado no mesmo arquivo em PDF e utilizar o recurso da impressora para imprimir as duas vias em uma única página.

Mas como isso vai funcionar na prática? O InvoiCy Conector poderá solicitar este modelo de DANFE, e o emissor deverá tratar na impressora para ser impresso estes dois DANFEs na mesma página.

A nova opção estará disponível através do layout de integração do Invoicy, onde foi criada uma nova tag chamada <ImprimirDuasVias>, esta deve ser preenchida com os valores S ou N, conforme exemplo na imagem abaixo.

Caso vier preenchida com S, o DANFE será gerado em duas vias, e caso vier com o valor N, irá gerar o DANFE em uma via. As configurações do DANFE seguem da mesma forma, através dos parâmetros de impressão, a diferença é que a partir dessa versão poderá ser gerada duas páginas iguais.

– Impressão automática no InvoiCy Conector:

O InvoiCy Conector sofreu uma adequação, buscando permitir a impressão de documentos com impressoras remotas.

Existe uma nova opção a ser selecionada na aba de impressão ‘Utilizar AcroWrap (necessário instalar)’, como demonstra a imagem abaixo.

Essa opção faz com que a impressão seja feita por outro processo, corrigindo algumas situações de falta de permissão de usuários. Mas atenção! Para que esse processo funcione é necessário ter o Adobe Reader instalado no computador.

Disponibilizamos aqui o link para fazer download do Adobe Reader.

Observação: por enquanto essa opção é utilizada apenas no processo de emissão normal de documentos, ou seja, que não foram emitidos em contingência.

Para mais informações sobre o processo de impressão via InvoiCy Conector, leia o artigo Configurações de impressão.

Permitir consultar notas recebidas em prestadores cadastrados:

A importação de NFS-e de entrada também está com novidades! A partir de agora, prestadores de serviços que utilizam o InvoiCy e que contratam serviços de empresas das cidades atendidas pelo Padrão JFISS Digital, podem cadastrar esses fornecedores para que o invoiCy realize a aimportação de NFS-e de entrada automaticamente.

Com essa nova funcionalidade, você poderá cadastrar seus fornecedores e quando for contratado um serviço e uma NFS-e for emitida por uma dessas empresas, o InvoiCy irá importar automaticamente esse documento, disponibilizando o mesmo para consulta, download e impressão.

Mas atenção! Para usar essa funcionalidade é necessário ter a Extensão Importação de Documentos ativa.

O cadastro de prestadores de serviço pode ser realizado por meio do Painel de Controle do InvoiCy, no grupo de informações da NFS-e, onde foi adicionado um novo ícone chamado ‘Cadastro de Prestadores’.

Ao clicar no ícone ‘Cadastro de Prestadores’, será exibida a  tela com a lista de empresas cadastradas e a opção ‘Adicionar’, para ter acesso ao formulário de cadastro de um novo prestador.


Caso precise localizar um prestador cadastrado, poderá utilizar os filtros por CNPJ, Nome, Município, UF e status.

Os dados dos prestadores cadastrados podem ser alterados (exceto o CNPJ), por meio do ícone ‘Editar’. Caso não queira que o InvoiCy importe documentos emitidos por algum prestador cadastrado, é possível alterar o status para ‘Inativo’, na tela de edição do cadastro, ou realizar a exclusão do registro, por meio do ícone ‘Excluir’.

Clicando no botão ‘Adicionar’, será exibida a tela de cadastro de um novo prestador. Preencha as informações dos campos e clique em ‘Salvar’. A partir desse momento, toda vez que esse prestador emitir uma NFS-e onde você seja o Tomador, o InvoiCy irá consultar esse documento na prefeitura e realizará a importação do mesmo.

E olha só que legal! Estamos liberando 90 novos municípios que permitem a consulta automática.

– Link do XML no retorno da consulta de documentos:

A partir desta versão ao realizar a consulta de um documento, o link do XML correspondente a tag DocXMLLink, que antes era retornado em protocolo HTTP, passará a ser retornado em protocolo HTTPS.

Atenção! Essa alteração no protocolo do link de retorno impacta apenas no processo de consulta de documentos, para as integrações via REST e SOAP, onde a partir de agora passará a utilizar o endereço: https://app.invoicy.com.br para montar o link de retorno do XML.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida? Encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!

Replicar o cadastro de empresas automaticamente

Última atualização em: 06 de maio, 2021

Essa novidade é para você, usuário parceiro! A partir de agora, permitimos replicar os dados do cadastro de uma empresa entre os ambientes de homologação e produção, flexibilizando as novas integrações.

Essa funcionalidade está disponível através do novo ícone “Replicar empresa”, localizado na tela de Início do InvoiCy, como demonstra a imagem a seguir.

Dessa forma, basta clicar no ícone correspondente a empresa que você deseja enviar o cadastro para o outro ambiente, onde o sistema irá apresentar uma mensagem em tela, solicitando a confirmação para replicar o cadastro da empresa.

Se o cadastro ocorrer com sucesso, será apresentada em tela a mensagem “A empresa foi cadastrada no Invoicy”. Caso contrário, será apresentada uma mensagem informando o que aconteceu.

Atenção! Estando no ambiente de homologação, a empresa será automaticamente cadastrada no ambiente de produção, mas fique tranquilo que isso não acarretará em custos adicionais, pois a empresa ainda não estará licenciada para emitir documentos.

Também é possível fazer o processo inverso, estando no ambiente de produção, a empresa será automaticamente cadastrada no ambiente de homologação.

É importante destacar que, os dados enviados no cadastro compreendem as informações relativas aos dados da empresa (CNPJ, Razão Social, endereços), bem como logomarca e certificado digital. Demais dados como, parâmetros configurados por módulo, caixas de e-mail e licenciamento, não serão replicados para o outro ambiente.

Padrão NFSeWeb

Última atualização em: 06 de abril, 2021

O Padrão NFSeWeb segue o modelo padronizado ABRASF 2.02. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Inutilização de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Tomador estrangeiro.

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor no ISS Retido;
  • Informar a alíquota do ISS cadastrada na prefeitura.

3. Código CNAE

O código CNAE segue as regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios possui a exigência para informar, portanto mantendo em branco.

4. Impressão

Possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

5. Cancelamento de NFS-e

O código de cancelamento não permitido pela prefeitura é o número 1. A seguir tabela de códigos:

6. Natureza da Operação:

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

7. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

8. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Release Notes – Versão 2.37.0

Versão 2.37.0 – 13/04/2021 – em produção

Olá pessoal!

Já está disponível em produção a versão 2.37.0 do InvoiCy.

Confira as novidades:

– Adequação conforme NT 2021.001 do CT-e:

Em resumo, esta Nota Técnica promove uma nota explicativa sobre a regra de validação da duplicidade de chaves de acesso visando padronizar o entendimento em todos os DF-e. E também a desativação da validação que impede autorização de CT-e cuja numeração encontra-se inutilizada.

Mas o que isso significa na prática?

A autorização de CT-e apresenta uma regra de validação que garante a unicidade da chave natural (chave de acesso) do Documento Fiscal Eletrônico composta por CNPJ/CPF, Modelo, Série e Número do documento.

Há situações onde um mesmo documento pode ser emitido e autorizado de forma normal (tpEmis 1) e também em contingência SVC (tpEmis 6 ou 7), caracterizando duplicidade.

Quando ocorre uma falha de comunicação com a SEFAZ, não sabemos se o documento foi ou não autorizado. De praxe, quando ocorre essa falha, o aplicativo comercial pode efetuar a emissão deste mesmo documento em contingência SVC, autorizando-o com tpEmis 6 ou 7.

Porém, o documento enviado anteriormente com tpEmis 1 que recebeu a falha de comunicação, pode ter sido autorizado no ambiente normal da SEFAZ. Desta forma, teríamos 2 documentos autorizados com mesmo número e série, porém somente com tpEmis diferentes.

Anteriormente, este procedimento poderia causar duplicidade, sendo que o InvoiCy não armazenaria um dos documentos por conter a mesma numeração e série. Com esta nova atualização, o InvoiCy passará a armazenar ambos os documentos, exibindo em tela e retornando em consultas os dois arquivos, tanto o que foi emitido em tpEmis normal, quanto o documento que foi emitido com tpEmis de contingência.

Para ficar bem informado sobre tudo que engloba essa NT, leia o artigo no nosso Blog.

– Adequação conforme NT 2021.001 do MDF-e:

Em resumo, esta Nota Técnica promove ajustes no leiaute do MDF-e do modal RODOVIÁRIO adequando o grupo de informações do vale pedágio em acordo com a definição da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Também a inclusão da chave do PIX como forma alternativa de recebimento do frete no modal rodoviário e no evento de pagamento do frete.

Também promove uma nota explicativa sobre a regra de validação da duplicidade de chaves de acesso, visando padronizar o entendimento em todos os DF-e. Por fim, o novo padrão de placas do Mercosul não traz mais no registro de licenciamento a informação da UF de emplacamento, tornando facultativo o preenchimento deste campo.

O que preciso alterar para me adequar a NT?

Algumas alterações foram realizadas no layout XML do MDF-e, as quais destacamos abaixo. É importante ressaltar que as regras de validação relacionadas ao Vale Pedágio, entram em vigor somente na data de 07/06/2021.

– Alterado campo numeroCompra do grupo de Vale Pedágio tornando-o de preenchimento opcional;

– Incluído campo tpValePed no grupo de Vale Pedágio para informação do Tipo de Vale Pedágio. Aceita os valores:
– 01 – TAG;
– 02 – Cupom;
– 03 – Cartão.

– Incluído campo categCombVeic no grupo de Vale Pedágio para informação da categoria de Combinação veicular. Aceita os valores:
– 02 Veículo Comercial 2 eixos;
– 04 Veículo Comercial 3 eixos;
– 06 Veículo Comercial 4 eixos;
– 07 Veículo Comercial 5 eixos;
– 08 Veículo Comercial 6 eixos;
– 10 Veículo Comercial 7 eixos;
– 11 Veículo Comercial 8 eixos;
– 12 Veículo Comercial 9 eixos;
– 13 Veículo Comercial 10 eixos;
– 14 Veículo Comercial Acima de 10 eixos.

– Incluído campo indAltoDesemp no grupo de Informações do Pagamento do Frete para informar indicação de operação de transporte de alto desempenho;

– Incluído campo PIX no grupo de Informações Bancárias para informar a chave PIX para recebimento do pagamento do frete realizado;

– No grupo VeicTracao e VeicReboque, o campo UF (UF em que o veículo está licenciado), passa a ser de preenchimento opcional, uma vez que o campo deixou de existir para o padrão de placa MERCOSUL;

– No Evento de Pagamento da Operação também foi incluído o campo PIX, para que seja possível informar a chave PIX para recebimento do pagamento do frete.

Para acompanhar todas as alterações que essa NT engloba, leia o artigo no nosso Blog. Também confira as alterações realizadas em nossos layouts de integração: Layout de Envio e Layout de Eventos.

– Implementação de Web Service de licenciamento para API REST:

Olha só que super novidade! A partir dessa versão o InvoiCy passa a disponibilizar o serviço de licenciamento de empresas também via API REST, possibilitando realizar a solicitação, cancelamento, bloqueio e desbloqueio de licenças.

A seguir apresentamos a estrutura do layout do JSON a ser enviado, onde deve-se informar o CNPJ da empresa, tipo de ambiente (1 – Produção, 2 – Homologação), Ação que será executada, Módulo, Modelo de contrato e Autor responsável pela solicitação, destacando que a informação do Autor é obrigatória.

[{
“CnpjEmpresa”: “99999999999999”,
“tpAmb”: 2,
“Acao”: 1,
“Modulo”: “CTe”,
“Modelo”: 2,
“Autor”: “Usuario Parceiro Migrate”
}
]

Na sequência explicamos cada campo dessa estrutura:

  • CnpjEmpresa – empresa cadastrada no InvoiCy para a qual serão realizadas as ações de licenciamento.
  • tpAmb – Ambiente do licenciamento, sendo 1 – Produção e 2 – Homologação.
  • Acao – representa ação a ser realizada sobre a licença, sendo que as opções disponíveis são: 1 – Solicitar, 2 – Bloquear, 3 – Desbloquear e 4 – Cancelar.
  • Modulo: módulo para o qual será realizada a ação sobre a licença, exemplo: NF-e, CT-e, NFS-e.
  • Modelo: modelo de contrato, sendo 1 – Bilhetagem ou 2 – Licenciamento.
  • Autor: responsável pela ação realizada.

Para mais informações e exemplos de JSON, acesse a documentação da API REST, neste link.

– Possibilidade de replicar o cadastro de empresas automaticamente:

Oba! Essa novidade é para você, usuário parceiro! A partir de agora, permitimos replicar os dados do cadastro de uma empresa entre os ambientes de homologação e produção, flexibilizando as novas integrações.

Essa funcionalidade está disponível através do novo ícone “Replicar empresa”, localizado na tela de Início do InvoiCy, como demonstra a imagem a seguir.

Dessa forma, basta clicar no ícone correspondente a empresa que você deseja enviar o cadastro para o outro ambiente, onde o sistema irá apresentar uma mensagem em tela informando que “A empresa foi cadastrada no Invoicy”.

Atenção! Estando no ambiente de homologação, a empresa será automaticamente cadastrada no ambiente de produção, mas fique tranquilo que isso não acarretará em custos adicionais, pois a empresa ainda não estará licenciada para emitir documentos, ok?!

Também é possível fazer o processo inverso, estando no ambiente de produção, a empresa será automaticamente cadastrada no ambiente de homologação.

É importante destacar que, os dados enviados no cadastro compreendem as informações relativas aos dados da empresa (CNPJ, Razão Social, endereços), bem como logomarca e certificado digital. Demais dados como, parâmetros configurados por módulo, caixas de e-mail e licenciamento, não serão replicados para o outro ambiente.

– Novas opções de retorno nos parâmetros da consulta de documentos:

O processo de consulta de documentos sofreu algumas adequações, e a partir dessa versão conta com dois novos parâmetros, que serão detalhados na sequência.

  • Retornar tipo de emissão na consulta de documentos:

O processo de consulta de documentos conta com o novo parâmetro RetornartpEmis, que permite retornar o tipo de emissão do documento consultado. Veja na imagem abaixo um exemplo dos parâmetros da consulta:

A tag RetornartpEmis aceita os valores: S – Sim e N – Não, e quando for preenchida com ‘S’ será disponibilizada a informação <tpEmis> no retorno da consulta.

O retorno do tpEmis se faz necessário para empresas que gostariam de identificar o tipo de emissão do documento retornado na consulta (normal ou contingência). Conforme últimas NT publicadas pela SEFAZ, poderá haver um mesmo documento autorizado com numeração e série iguais, porém somente com tpEmis diferentes, fato que anteriormente retornaria duplicidade. Ambos os documentos serão armazenados pelo InvoiCy e caso este cenário ocorra, os dois documentos serão retornados na consulta, podendo ser diferenciados pelo tpEmis retornado.

  • Retornar DANFE em formato paisagem na consulta de documentos:

E tem mais! Agora o processo de consulta de documentos também foi adequado para permitir o retorno do DANFE em modelo paisagem.

Quer saber como isso funciona? É bem simples! Basta informar nos parâmetros da consulta a tag TipoImpressao com o valor ‘P’, com isso o DANFE retornado será impresso no modelo Paisagem. Veja um exemplo abaixo dos parâmetros de envio da consulta:

Fique atento para as demais opções aceitas na tag TipoImpressao:

S – Simplificado
N – Retrato
P – Paisagem
E – Etiqueta

Para ficar bem informado, faça download do nosso layout de integração para consulta de documentos, e confira os novos campos destacados em amarelo.

– Disponibilizado novo modelo do DANFE

A partir desta nova versão, foi disponibilizado o novo modelo “Legado” nas configurações de impressão da NF-e, que está disponível apenas para o DANFE paisagem, como demonstra a imagem abaixo:

Essa nova atualização, estará seguindo o padrão do DANFE do antigo produto GNF-e Desktop. Os pontos alterados são os seguintes:

– Posicionamentos de alguns campos nos dados do Emissor e principalmente nos dados do Destinatário;

– Dados referente aos volumes que possuem as linhas com fonte pequena e Descrição; – Dados dos produtos onde os dados ficam muito próximos da linha.

Dessa forma, quando selecionada a orientação Paisagem, será disponibilizada a opção “Legado” no campo “Modelo do DANFE”. Ao selecionar esta opção, já passará a ser impresso o novo DANFE com os ajustes aplicados.

– Possibilidade de aumentar a largura da descrição do item no DANFE:

As novidades não param por aí não! A tela de configurações de impressão da NF-e disponibiliza um novo parâmetro “Aumentar a largura da descrição do item”, que pode ser visto na imagem a seguir.

Mas atenção! Esse parâmetro está disponível apenas para o DANFE na orientação Retrato e modelo Personalizado.

Ao configurar esse parâmetro como ‘Sim’, a largura da coluna de descrição do produto sairá com um espaço maior no DANFE, como pode ser observado no exemplo abaixo.

– Recebimento e armazenamento do XML da NF-e quando o CNPJ estiver como transportador:

Através dessa atualização, você usuário terá a possibilidade de receber e armazenar o XML da NF-e, quando o CNPJ contratante da extensão de Importação de Documentos estiver relacionado somente como transportador, no grupo Transporta, como exemplificamos na imagem abaixo:

Fique atento! O InvoiCy não permitirá o envio de nenhum evento de manifestação, cancelamento ou CC-e sobre estes documentos.

Na extensão de Importação de Documentos, foi disponibilizado o novo parâmetro “Buscar como transportadora”, para configurar a baixa ou não quando o CNPJ estiver como transportador no XML, como apresentado na imagem abaixo.

– Integração com o padrão NFSeWeb de Neves Paulista – SP:

Oba! Foi liberada a integração da emissão de NFS-e para o município de Neves Paulista, atendido pelo padrão NFSeWeb. A partir de agora prestadores de serviço deste município podem utilizar o InvoiCy para realizar a emissão e gestão de suas notas fiscais.

Não perca tempo! Para mais informações acesse o artigo do padrão clicando aqui.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida? Encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!

Padrão ADM Nota Fiscal

Última atualização em: 09 de abril, 2021

O Padrão ADM Nota Fiscal segue o modelo padronizado ABRASF 2.00. Segue abaixo suas particularidades:

Observações importantes:

Só solicite o ambiente de produção após finalizar todos os testes no ambiente de homologação. Após terminar os testes em homologação deve-se acessar o portal da prefeitura do município e na opção a direita clicar em Web Services e nesta tela possui o botão em verde para ‘Solicitar Produção’.Imagens abaixo ilustram a tela que deve ser acessada.

Dados importantes que devem ser inseridos no InvoiCy:

Durante o cadastro de empresa, tem-se a etapa de configurações de emissão para NFS-e com os campos que devem ser preenchidos da seguinte forma:

  • Usuário de autenticação = Inserir o valor do campo Auth
  • Senha de autenticação   =  Inserir o valor do campo ReqId
  • Chave primária de autenticação = Inserir o valor do campo Token

Verificar os campos na imagem abaixo:

Outra regra a ser observada durante o cadastro de empresas é que o valor da inscrição municipal deve ser cadastrada como está na prefeitura, se possuir traços ou pontos devem ser inseridos no cadastro também. Exemplo: 00-0000

1. O sistema não permite:

  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Inutilização de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Enviar notas sem identificação do Tomador do serviço;

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor no ISS Retido.

3. Código CNAE

  • O código CNAE segue a regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios possui a exigência para informar, portanto deve ser enviado.

4. Impressão

  • Não  possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

5. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

6. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

7. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Release Notes – Versão 2.36.0

Versão 2.36.0 – 11/03/2021 – em produção

Olá pessoal!

Já está disponível em produção a versão 2.36.0 do InvoiCy.

Confira as novidades:

– Ajustes e melhorias na tela de Documentos recebidos:

  • Busca de documentos recebidos pelo CNPJ do Emissor:

Com a liberação dessa versão, a tela de Documentos recebidos recebeu algumas adequações e melhorias. Olha só que legal! A partir de agora possibilitamos a busca de documentos a partir do CNPJ ou CPF do emissor, como demonstra a imagem.

  • Consulta pelo número da NFS-e:

E tem mais! Também foi incluído um filtro que possibilita pesquisar pelo número da NFS-e, para facilitar a busca quando o cliente não tem o número do RPS.

  • Nova coluna com o número da NFS-e:

Por fim, em tela também passamos a exibir uma coluna com o número da NFS-e.

Novas integrações disponíveis via API Rest:

Que super novidade! A partir dessa versão o InvoiCy disponibiliza os seguintes serviços para que os clientes façam a integração via API REST:

  • Distribuição DF-e (NF-e, CT-e);
  • Consulta bilhetagem;
  • Envio de e-mail;
  • Consulta CNPJ na SEFAZ;
  • Consulta de MDF-e não encerrados;
  • Enviar prévia da NF-e para digitação;
  • Pré visualização do DANFE;
  • Emissão no layout SEFAZ.

Todos esses serviços já são disponibilizados hoje para integração via Web Service, e funcionam da mesma forma para integração com API REST.

Para facilitar seu entendimento, criamos uma documentação com todas as integrações no Postman, clique aqui para acessá-la.

– Adequação no cadastro de empresas via Web Service:

Foi incluída a nova tag TipoConsultaNFSe, no cadastro de empresas via Web Service, permitindo informar o tipo de arquivo que será importado pela extensão Importação de documentos para o módulo NFS-e.

Os valores aceitos por essa tag são os seguintes:

E – Emitidos;
R – Recebidos;
ER – Emitidos e Recebidos.

Para mais informações faça download do nosso layout de cadastro de empresas clicando aqui.

– Integração com o novo padrão de NFS-e (padrão ADM Nota Fiscal) – São João Nepomuceno – MG:

Foi liberada a integração com o município de São João Nepomuceno – MG, atendido pelo padrão ADM Nota Fiscal. A partir de agora, prestadores de serviço deste município podem emitir NFS-e pelo InvoiCy! Não perca tempo! Para mais informações acesse o artigo do padrão clicando aqui.

– Consulta de Municípios Integrados com empresas que possuem a extensão de Importação de documentos ativa para o módulo NFS-e:

A partir dessa versão, para as empresas que possuem a extensão de Importação de documentos ativa para o módulo NFS-e será possível acessar, com usuário do tipo parceiro, a tela de consulta de Municípios integrados.

Nas versões anteriores o acesso a essa funcionalidade estava disponível apenas para empresas que tinham licença ativa para o módulo NFS-e. Agora mesmo sem possuir licença é possível acessar, basta ativar a extensão de Importação de documentos e habilitar o módulo NFS-e.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida? Encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!

Padrão Gefisco 2

Última atualização em: 23 de fevereiro, 2021

O Padrão Gefisco 2  segue o modelo  próprio da prefeitura. Segue abaixo suas particularidades:

Atenção:

O padrão não possui ambiente de homologação para realização de testes.

Ao realizar o seu cadastro no InvoiCy deve-se preencher os campos de Usuário e Senha de autenticação presentes nas Configurações de NFS-e, estes dados são os mesmo que você utiliza para acessar no portal da prefeitura do seu município.

1. O sistema não permite:

  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Inutilização de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Tomador do exterior;
  • Intermediário do serviço;
  • Campos de obra.

2. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor da base de cálculo, alíquota e valor do ISS.
  • Envio de notas sequenciais.

3. Código CNAE

  • O código CNAE segue as regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, para o padrão Gefisco 2 há obrigatoriedade.

4. Impressão

  • Não possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

5. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão próprio:

6. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Padrão ENota Fiscal

Última atualização em: 08 de abril, 2021

O Padrão ENota Fiscal segue o modelo próprio da prefeitura. Segue abaixo suas particularidades:

1. Exigência da prefeitura

Para realizar a emissão via é necessário informar os dados de acesso no sistema da prefeitura nos campos usuário e senha de autenticação. Após o término dos testes via webservice em homologação deve-se avisar a receita municipal através do email ‘fiscalizacao@cambe.pr.gov.br’ para ativar o modo produção.

2. O sistema não permite

  • Cancelamento de NFS-e via web service;
  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Inutilização de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica;
  • Intermediário do serviço.

3. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor da Alíquota;
  • Informar código do município de incidência;
  • Tomador do serviço.

4. Tomador do exterior

  • Não informar o CPF ou CNPJ;
  • O campo de Exigibilidade ISS deve ser informado 4, conforme layout (Imune Isento);
  • O código do município deve ser informado vazio para o grupo do tomador bem como para o serviço.
  • Informar o país de prestação de serviço no grupo do serviço.

5. Código CNAE

O código CNAE segue as regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios não possui a exigência para informar, portanto mantendo em branco.

6. Impressão

Possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

7. Natureza da Operação (Exigibilidade ISS):

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão da prefeitura:

8. Tipo de Obra Construção Civil

Conforme o padrão da prefeitura seguem os seguintes valores para o campo de Tipo de Obra:

9. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML enviado ao InvoiCy NFS-e.

Release Notes – Versão 2.35.0

Versão 2.35.0 – 17/02/2021 – em produção

Olá pessoal!

Já está disponível em produção, a versão 2.35.0 do InvoiCy.

Confira as novidades:

  • Disponibilizado novo DANFE simplificado – etiqueta:

Buscando se adequar a NT 2020.004, o InvoiCy passa a disponibilizar um modelo de impressão mais simplificado do DANFE.

O DANFE simplificado – etiqueta traz impressa a chave de acesso, protocolo de autorização da NF-e e código de barras, além das seguintes informações:

  • Dados gerais da NF-e, como: Tipo de operação (se entrada ou saída), série, número da NF-e e data de emissão;
  • Dados do emitente: Nome/Razão social, CPF/CNPJ, Inscrição Estadual e sigla da UF;
  • Dados do destinatário: Nome/Razão social, CPF/CNPJ/ID do Estrangeiro, Inscrição Estadual e sigla da UF;
  • Valor total da Nota Fiscal;
  • Em caso de contingência EPEC: protocolo de autorização do evento EPEC.

Para habilitar esse novo modelo de DANFE no InvoiCy, basta acessar a tela de configurações de impressão da NF-e, e configurar o parâmetro ‘Habilitar DANFE Etiqueta’ com a opção ‘Sim’.

  • Retorno do link do PDF de eventos na consulta de documentos:

Ao realizar a consulta de uma NF-e que possua um evento vinculado, e caso esse evento tenha disponível um PDF para impressão, será retornado o link do PDF do evento.
Mas atenção! Para isso é necessário enviar nos parâmetros da consulta as tags PDFLink e Eventos preenchidas com o valor ‘S’, como demonstra a imagem abaixo, caso contrário o link do PDF do evento não será retornado.

No retorno da consulta, a tag DocEvePDFLink será preenchida com o link do PDF do evento. Mas lembrando, que será retornado o link apenas para os eventos que possuírem um PDF disponível para impressão.

No exemplo abaixo a NF-e consultada possuía duas cartas de correção vinculadas, e como é válida sempre a última CC-e enviada, retornou o link do PDF apenas da CC-e de sequencial 2.

  • Adequação com a NT 2020.006 – Intermediador da Operação:

Olha só que super novidade! O InvoiCy está atualizado de acordo com a nova NT 2020.006, com mudanças de layout e regras de validação para a NF-e/NFC-e versão 4.0, e visando também a adequação ao Ajuste SINIEF 21/2020 e 22/2020, envolvendo a identificação do intermediador ou agenciador da operação.

O prazo previsto para a implementação das mudanças é:

Ambiente de Homologação: 01/02/2021
Ambiente de Produção: 04/05/2021

O que diz a NT?

As alterações incluem a criação do campo de indicativo da operação com intermediador/marketplace, que precisará ser informado quando o indicador de presença (indPres) for igual a:

1 – Operação presencial;
2 – Operação não presencial, pela Internet;
3 – Operação não presencial, Teleatendimento;
4 – NFC-e em operação com entrega a domicílio;
9 – Operação não presencial, outros.

Também foi incluído um novo grupo para informar os dados do intermediador da transação: CNPJ do Intermediador da transação e Identificador cadastrado do Intermediador.

E por fim alterou-se o campo forma de pagamento (tPag), incluindo as novas opções:

16=Depósito Bancário;
17=Pagamento Instantâneo (PIX);
18=Transferência bancária, Carteira Digital;
19=Programa de fidelidade, Cashback, Crédito Virtual.

Novas regras de validação também foram criadas, com intuito de validar as novas informações aceitas no layout.

Para ficar por dentro de todas as alterações realizadas em decorrência dessa NT, faça download do nosso layout de integração clicando aqui, as informações atualizadas estão destacadas em cor amarela. E não deixe de ler a NT 2020.006 na íntegra.

Fonte: Portal NF-e

  • Adequação a NT 2020.007 – Novo evento de inclusão de Ator interessado na NF-e:

E tem mais novidade! O InvoiCy também já está preparado para atender a NT 2020.007, que especifica o novo Evento de Inclusão de Ator Interessado na NF-e, permitindo informar/vincular um transportador interessado pela NF-e.

Mas ATENÇÃO! Esse novo evento será permitido pela SEFAZ somente a partir de 01/11/2021.

No momento da emissão da NF-e, muitas vezes o emitente ainda não definiu o Transportador que ficará responsável pela entrega da mercadoria, impedindo, portanto, que essa informação conste em campo específico da NF-e, ou mesmo no grupo de pessoas autorizadas a acesso ao XML da NF-e (tag autXML). Em vários casos, o responsável pelo transporte é o destinatário e, nesses casos, o Emitente não tem condições de informar o Transportador no XML da NF-e.

Sendo assim, a partir dessa NT será possível que o Emitente informe a identificação do Transportador a qualquer momento, como uma das pessoas autorizadas a acessar o XML da NF-e.

E nos casos onde o transporte não é de responsabilidade do Emitente, o Destinatário poderá gerar o evento, com o mesmo objetivo de autorizar que o Transportador fique autorizado a acessar o XML da NF-e.

Nos casos de Redespacho ou Subcontratação, definido o transportador contratado, este também poderá autorizar outro transportador participante da mesma operação de transporte a acessar o XML da NF-e.

O Transportador precisa dos dados da NF-e para instrumentalizar seus processos de transporte e, a partir da geração deste evento, possibilita ao transportador buscar o XML da NF-e no Ambiente Nacional, por meio do “Web Service de Distribuição de DF- e de Interesse dos Atores da NF-e.

Fonte: Portal NF-e

Quer saber mais sobre esse novo evento? Então leia a NT 2020.007, e confira as alterações no nosso layout de integração de eventos, destacadas em amarelo.

  • Imprimir DANFE com dados de ICMS ST na descrição do item:

A partir desta nova versão, foi disponibilizado um novo parâmetro “Imprimir dados ICMS ST no item” nas configurações de impressão da NF-e, que está disponível apenas para o DANFE retrato modelo personalizado, como demonstra a imagem abaixo:

Ao habilitar esse novo parâmetro, será gerado um DANFE de entrada mostrando na descrição do item os dados das tag: pMVAST pRedBCST vBCST pICMSST. Abaixo, uma imagem ilustrativa de como ficará a impressão do DANFE quando o parâmetro estiver marcado com a opção SIM:

Em seguida, uma imagem de como ficará a impressão do DANFE quando o parâmetro estiver marcado com a opção NÃO:

  • Retornar DANFE em formato etiqueta na consulta de documentos:

Oba! O processo de consulta de documentos também foi adequado para permitir o retorno do DANFE em modelo etiqueta.

Quer saber como isso funciona? É bem simples! Basta informar nos parâmetros da consulta a tag TipoImpressao com o valor ‘E’, com isso o DANFE retornado será impresso no modelo Etiqueta. Veja um exemplo abaixo dos parâmetros de envio da consulta:

  • Possibilidade de escolher o formato de impressão do DANFE ao enviar uma NF-e:

Olha só que novidade bacana! A partir de agora o emissor pode escolher o formato de impressão do DANFE já no momento de envio da NF-e via Web Service.

Quer saber como? Basta enviar os seguintes parâmetros no envio da sua NF-e:

A tag FormatoImpressao pode ser preenchida com as seguintes opções:

1 – Retrato
2 – Paisagem
3 – Simplificado – Mas atenção! É necessário ter habilitado o parâmetro ‘Habilitar DANFE simplificado’ nas configurações de impressão do módulo NF-e
4 – Etiqueta

Apresentamos aqui um exemplo do envio informando os parâmetros, utilizando a ferramenta SOAP UI:

No retorno do envio, tanto o PDF em base64 como o link de impressão serão retornados de acordo com o parâmetro enviado.

  • Detalhamento da versão

Para conhecer as demais modificações realizadas nessa versão, clique aqui.

Faça as alterações necessárias e desfrute de todo o potencial da Plataforma InvoiCy!

Ficou com alguma dúvida? Encaminhe para atendimento@migrate.info que nossa equipe de atendimento te ajuda!

Aqui o movimento não para!