ago
04
2021

Padrão Tchê Informática

Atualizado em

Índice

-

O Padrão Tchê Informática segue o modelo padronizado ABRASF 2.02. Segue abaixo suas particularidades:

Para iniciar a integração deve-se ir no portal da prefeitura do município que você fará emissão e salvar o valor do token para inseri-lo durante o cadastro de empresa no InvoiCy, quando chegar no cadastro de NFS-e no campo de Chave primária de autenticação:

O sistema não permite:

  • Substituição de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica.
  • Tomador estrangeiro.

1. Obrigatoriedades

  • Informar valor no item da lista de serviço;
  • Informar valor no ISS Retido.

2. Intermediário do Serviço

  • Permite informar o grupo de intermediador dos serviços da NFS-e quando existe um terceiro que realizou ou intermediou este serviço, ele deve ser informado na NFS-e.

3. Código CNAE

  • O código CNAE segue as regras legislativas do município, sendo informado apenas quando o município possuir em sua legislação a permissão para tal, em certos municípios possui a exigência para informar, portanto deve ser informado conforme o cadastro realizado.

4. Impressão

  • Não possui disponibilidade de impressão pelo modelo da prefeitura do município onde a empresa está situada.

5. Natureza da Operação

O campo de natureza da operação deverá seguir o padrão ABRASF:

6. Regime Especial de Tributação

Conforme o padrão ABRASF seguem os seguintes valores para o campo de Regime Especial de Tributação:

7. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML do Padrão Tchê Informática enviado ao InvoiCy NFS-e.