fev
23
2015

Padrão Equiplano

Atualizado em

Índice

-

Para o padrão EQUIPLANO existem algumas diferenças em relação aos demais modelos que seguem o padrão ABRASF, listadas abaixo:

– Empresas prestadoras de serviço em um dos municípios abrangidos pelo padrão Equiplano deverão configurar no cadastro da empresa a emissão através do Processamento Assíncrono.

– O campo série deve representar o número 1 ou o número do caixa de atendimento.

– Não permite informar o Intermediário do serviço.

– Não permite substituição.

– Quando o tomador for estrangeiro, poderá informar o documento de identificação do tomador no campo DocTomadorEstrangeiro do grupo Tomador, bem como TomaxMun contendo o nome da cidade do Tomador. Neste caso os campos CPF e CNPJ devem ser enviados em branco.

– Quando houver valor de dedução, é necessário informar a justificativa da dedução no campo JustDed do grupo Valores, ou no campo ItemJustDed do grupo Item caso enviar itens do RPS.

– O campo do código do serviço – IteListServ ou ItemIteListServico quando utilizar estrutura de itens – deverá ser sempre informado contendo o ponto separador. Ex: 14.1.

1. Exemplos de XML

Para visualizar um XML de exemplo clique aqui.

E para visualizar um XML de exemplo com itens, clique aqui.

ATENÇÃO: Prezado cliente após realizar o cadastro de vossa empresa com a prefeitura, é necessário que realize a emissão de pelo menos uma NFS-e no ambiente de homologação, e só assim estará habilitado a emitir NFS-e em produção.

É importante destacar que o cliente deve fazer a solicitação de faixa de numeração de RPS no sistema da prefeitura, para que seja possível emitir seus documentos. Recomenda-se que esta solicitação seja feita para um grande número de RPS, não para um lote de 500, por exemplo.

Importante: O município de Toledo – PR não aceita determinadas palavras na estrutura do RPS, confira lista a seguir:

Publicado por:

Postado em NFS-e com as tags ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *