maio
23
2016

Padrão DEISS

Atualizado em

Índice

-

O Padrão DEISS é do tipo TXT, não disponibilizando Web Services para Recepção dos RPS, sendo necessário realizar download do Software DEISS disponibilizado no site da prefeitura de Indaiatuba/SP. Abaixo, estão descritas as particularidades deste padrão:

1. Número e Série única do RPS

O sistema DEISS não faz uso de Série para a emissão de NFS-e, obrigando assim que o prestador utilize somente uma ÚNICA série e consequentemente não repita os números de RPS, utilizando-os sempre de forma sequencial.

2. Natureza da Operação

Tabela com as opções de Natureza da Operação aceitas pelo sistema DEISS:

Tabela
3. O sistema não permite:

  • Inutilização da Nota;
  • Recepção de RPS sem Tomador;
  • Não dispõe de ambiente de homologação.

4. Instalação DEISS

Primeiramente deve-se realizar o download da última versão do software DEISS Indaiatuba no portal da prefeitura, seguindo o caminho “Serviços->DEISS”:

Após o término da instalação, deve-se executar o software e nos campos correspondentes informar as credenciais de acesso cadastradas na prefeitura Inscrição Municipal/CNPJ e senha):

Para Realizar a importação do arquivo gerado pelo InvoiCy, deve-se selecionar o menu “Nota Fiscal Eletrônica”, após deve-se clicar no botão “Importar Arquivo RPS”:

Após isso, deve-se clicar em “Verificar Arquivo”. Nessa etapa o sistema irá validar o arquivo importado, se o mesmo não apresentar nenhum problema, pode-se clicar em “Iniciar Emissão” para enviar as NFS-e à prefeitura, no entanto se houver algum problema o sistema mostrará que o mesmo existe e habilitará o botão “Inconsistências”, este permite ao contribuinte ver detalhadamente os problemas que ocorreram.

5. Tomador

O sistema DEISS requere obrigatoriamente a informação de CPF ou CNPJ do Tomador, no caso de empresas no exterior deve-se informar 99999999999999, já caso o contribuinte for pessoa física em regime especial de tributação deve-se informar o valor 00011111111111.

A informação do país do tomador é obrigatória para aqueles que residem fora do Brasil.

6. Substituição de NFS-e

Para realizar a substituição de uma NFS-e é importante lembrar de SEMPRE informar o Número do RPS e a Série da NFS-e a ser substituída (mesmo que a série para este padrão seja única).

7. Importação do Retorno

Como este padrão não tem suporte à Web Services, é necessário exportar um arquivo TXT contendo as informações das  NFS-e do sistema DEISS a fim de realizar a atualização do Status dos RPS emitidos na plataforma InvoiCy.

Veja um exemplo de XML enviado ao InvoiCy  clicando aqui.

Publicado por:

Postado em NFS-e com as tags , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *