ago
26
2021

Padrão Barueri

Atualizado em

Índice

-

O Padrão Barueri não segue o modelo padronizado ABRASF 2.02. Segue abaixo suas particularidades:

1. O sistema não permite:

  • Informar intermediário;
  • Cancelamento de Notas Fiscais de Serviço Eletrônica em ambiente de homologação.

2. Particularidades nos dados para emissão:

  • Obrigatório informar o local da prestação do serviço;
  • Obrigatório informar o tomador do serviço;
  • O padrão não utiliza deduções, alíquota, valor de iss e valor de iss retido;
  • O campo Código de atividade deve ser informado no campo código de tributação do município (TributMunicipio) e não item da lista de serviço (IteListServ) pois, por mais que no manual da prefeitura utiliza esta nomenclatura, não refere-se à lista de serviços da LC 116/2003;
  • Local de prestação do serviço – informar 1 ou 2 para no município, e 3 ou 4 para fora do município;
  • O país do tomador é obrigatório se o tomador for estrangeiro. Caso não seja informado, o sistema irá entender que o tomador é brasileiro;
  • O serviço será caracterizado como exportação se o campo natureza da operação (natop) conter o valor 9 e o país do tomador for diferente de Brasil;
  • Os impostos que podem ser informados na nota são IR, PIS/PASEP, COFINS, CSLL, OutrasRetencoes (para Valor não Incluso na Base de Cálculo – exceto tributos federais);
  • É necessário informar o campo serQuantidade. Caso contrário será enviado 1;
  • O padrão permite informar o número e valor da fatura com os campos nrofatura eValLiqFatura.
  1. Exemplo XML

Clique aqui para visualizar um exemplo de XML do Padrão Bauhaus enviado ao InvoiCy NFS-e.

Publicado por:

Postado em NFS-e com as tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *